Pesquisar

Canais

Serviços

Trama lança Tom Zé de graça na web - Divulgação/Mila Maluhy
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Trama lança Tom Zé de graça na web

31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Disponho de amor tátil por meus CDs, DVDs e livros. A satisfação em abrir o invólucro de um produto novo, adicionado à expectativa de desfrutar logo daquele conteúdo é insubstituível.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Entretanto, para acompanhar a nova geração de "consumidores" de música – e também oferecer outra alternativa ao mercado fonográfico que, em seus moldes tradicionais, evidencia plena crise -, a Trama lançou na semana passada o projeto Álbum Virtual, onde é possível baixar CDs inteiros e gratuitos. Aqui, incluem-se todas as faixas, encarte, ficha técnica, fotos, versões exclusivas, etc.

Continua depois da publicidade


Contemporâneo por excelência, o baiano Tom Zé foi o porta-estandarte desta nova concepção dirigida pelo músico e produtor João Marcelo Bôscoli.
O show ``Danç-Êh-Sá – A Dança dos Herdeiros do Sacrifício´´, gravado nos estúdios da Trama, ano passado, em parceria com o Canal Brasil, tem seu áudio e dois vídeos disponíveis na rede.


Nesta versão ao vivo, o artista aborda temas como problemas sociais, políticos e culturais, como sempre fez ao longo de mais de 40 anos de carreira. E, neste caso, o mais interessante: em músicas sem letra. Utilizando vocalizes, ruídos e onomatopéias, Tom Zé difunde suas idéias revolucionárias calcadas nas matrizes da música popular e de vanguarda. A idéia, segundo aponta, surgiu de uma pesquisa realizada com jovens que admitiram não se importar muito com letras de música.


O instrumental do álbum é primoroso, mostrando as virtuoses de Lauro Lelis (bateria), Jarbas Mariz (cavaco e violão de 12 cordas), Cristina Carneiro (teclados), Sérgio Caetano (guitarra), Daniel Maia (baixo) e Luanda (vocal). Entre as nove faixas do álbum, Tom Zé apresenta "Atchim", "Uai-Uai", "Triú-Trii", "Taka Ta", "Cara-Cuá" e "Acum-Mahá". Uma viagem musical sem destino certo.

Continua depois da publicidade


Álbum Virtual


João Marcelo Bôscoli apresenta o novo projeto da Trama: "A idéia surgiu em outubro de 2007, logo após o lançamento do projeto Download Remunerado (de graça para o internauta e remunerada para uma marca, para um artista), em que o patrocinador paga em dinheiro o valor correspondente ao download. A gente notou que algumas bandas estavam colocando todas as músicas de seu álbum na área do Download Remunerado. Aí, a gente se perguntou: 14 músicas constituem um álbum? Será que não faltam alguns elementos como a ficha técnica, as letras, a direção de arte, e etc.? Foi aí que veio a idéia".


Então é isso, um lugar onde o internauta pode baixar todas as músicas, a capa em alta resolução, mas também pode baixar a capa em JPEG para o player, as letras e o selo do CD, caso haja interesse em imprimir, além de alguns extras.


De acordo com o diretor executivo da Trama, se por um lado o CD tem a restrição de espaço de memória e restrição de espaço gráfico, na internet tudo isso é diferente. "Nos extras, o conteúdo irá variar de artista para artista. Podem ser fotos, possibilidades de capas que não foram aprovadas, versões experimentais, versões à capela, trechos de entrevistas, making of de gravações e algumas faixas inéditas", disse.


Tom Zé, em declaradas palavras, revela-se empolgado com a proposta. "A diferença é consideravelmente grande e quase radical. O CD, ou um disco qualquer, sofre muitas modificações pra subir ao palco por causa da necessidade da apresentação cênica e agilidade necessária pra isso. De forma que se fizer um cotejo ou uma comparação entre este disco gravado ao vivo e aquele feito no estúdio dois anos antes, em alguns momentos é praticamente irreconhecível embora sejam o mesmo tema, a mesma idéia, mas agora tratado de uma maneira totalmente diferente, rigorosamente diferente", elocubrou.


Baixe agora


Todo o conteúdo está disponível em streaming e download, podendo ser transferido diretamente para iPod ou iTunes. Os vídeos estão em três resoluções (alta, baixa e uma versão exclusiva para iPod). O conteúdo ficará na web por tempo determinado (três meses a partir do lançamento) e, em breve, novos títulos serão lançados com a mesma proposta.
Se abrir invólucros de CDs e DVDs novos não soa relevante - como no meu caso, que faz disso uma ação ritualística - não perca tempo e caia na rede! Segue o link:


www.albumvirtual.trama.com.br


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade