Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Proteção

Teste do olhinho ajuda a prevenir a cegueira infantil

Redação Bonde
23 out 2009 às 10:17
Pelo menos 60% das causas de cegueira e severo comprometimento visual infantil podem ser prevenidos ou tratáveis - Reprodução
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Segundo a Organização Mundial de Saúde, 500 mil crianças ficam cegas, anualmente, em todo o mundo. Deste total, 70 e 80% ocorrem durante os primeiros anos de vida, em consequência de doenças associadas ao sistema visual. No entanto, para o coordenador do departamento de oftalmopediatria Sérgio de Souza, do Hospital de Olhos Dr. Ricardo Guimarães, esse quadro poderia ser bem diferente já que pelo menos 60% das causas de cegueira e severo comprometimento visual infantil podem ser prevenidos ou tratáveis.

O Teste do Olhinho, feito no recém-nascido, é um exame importante que pode proteger as crianças de futuros problemas na visão. "Com do Teste do Reflexo Vermelho, também chamado de Teste do Olhinho, é possível detectar sérias doenças oculares que podem levar à cegueira, como o retinoblatoma e a catarata, o glaucoma e a toxoplasmose congênitos", explica Souza. Pesquisas apontam que essas alterações atingem cerca de 3% dos bebês em todo o mundo.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O médico explica que para uma prevenção eficaz a avaliação deve ser feita ainda nos primeiros dias de vida do bebê. "O teste é simples, indolor e pode ser realizado em cinco minutos", conta. Quando o reflexo vermelho é identificado em ambos os olhos o resultado é considerado "normal". Caso contrário, o recém-nascido deve ser encaminhado para exames mais complexos. Importante destacar que bebês prematuros precisam obrigatoriamente realizar o teste para afastar o risco da retinopatia da prematuridade, principal causa da cegueira infantil na América Latina.

Leia mais:

Imagem de destaque
Drenagem é uma opção?

Celulite: por que surge, quais as principais causas e como tratar?

Imagem de destaque
Entra em vigor ano que vem

Arábia Saudita autoriza mulheres a dirigirem automóveis

Imagem de destaque
Dior apresenta nova coleção

'Nem todas as mulheres podem ser modelos', diz estilista da Dior

Imagem de destaque
Marca de lingeries 'Yandy'

Empresa dos EUA cria fantasia de 'Kylie Jenner grávida' para o Halloween


O segundo passo para um diagnóstico mais preciso da doença é o exame de Fundo de Olho, que possibilita a análise das condições da retina, do cristalino e do nervo ótico. "Antigamente o primeiro exame de visão era feito somente na idade escolar, quando alguma doença já poderia estar em estado irreversível. Mais de 80% de tudo que se apreende no mundo é pela visão. Uma criança com visão subnormal tem sua capacidade de comunicação e seu desenvolvimento motor prejudicados", acrescenta Sérgio de Souza. O recomendável é que a criança faça consultas regulares a cada ano no oftalmologista.

O Teste do Olhinho se tornou obrigatório na rede pública de saúde em Minas Gerais desde 2008 e também está presente em São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Paraná e Distrito Federal. Hoje, existe um Projeto de Lei em tramitação no Senado (PLS 204/07) para tornar obrigatório o exame em todo o País.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade