Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Canos de cobre

Cabelo armado e ressacado? A culpa pode ser do encanamento. Entenda!

Redação Bonde
14 jul 2014 às 07:48
- Reprodução
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Tem dia que o cabelo não acorda com a aparência muito legal. A rebeldia fica ainda mais intensa quando as madeixas são expostas ao sol excessivamente, quando utilizamos produtos com química elevada ou não lavamos de maneira correta. Estes são alguns dos motivos mais comuns e apontados pelos profissionais de salões de beleza para cabelos danificados. Mas, o que muitos não sabem, é que existe um vilão que ataca o cabelo diariamente causando o ressecamento dos fios: o cobre presente nas tubulações.

"As mulheres que mais sofrem com a intervenção do cobre nos cabelos são as loiras e as que fazem coloração", afirma a hairstyle Eliane Pavini, proprietária do salão Shampoo Intercoiffure Eliane Pavini. Segundo ela, o cobre é incompatível com a água oxigenada, componente principal na descoloração e coloração dos fios. "Com o tempo, o cabelo pode chegar a um tom verde, além de ressecado e com pontas duplas", explica.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A descoberta deste camuflado vilão dos cabelos foi fruto de um estudo publicado no "The International Journal of Cosmetic Science". Segundo os pesquisadores, o cobre presente nos canos mais antigos pode liberar resíduos na água e deixar os fios opacos e sem vida. Este tipo de tubulação é utilizada até hoje pela boa duração do material e também pelo nível de condutividade térmica mais elevada, que permite que o material seja aquecido ou arrefecido rapidamente.

Leia mais:

Imagem de destaque
Oleosidade

Sabonetes enzimáticos auxiliam no controle de filamentos sebáceos na pele

Imagem de destaque
Aos 16 anos

Rayssa Leal é a primeira brasileira a ser embaixadora global da Louis Vuitton

Imagem de destaque
Vídeos de transformações

Maquiadora viraliza ao ser notada por Maiara & Maraísa e Ana Castela

Imagem de destaque
Faça já!

De chás à drenagem, veja seis dicas para fazer um detox pós-Carnaval


Quem ainda não passou pela coloração também pode ter os cabelos danificados pelo cobre. A substância se acumula gradualmente nos fios, deixando-o sem brilho e armado. As recomendações para estes casos, de acordo com a especialista, são as mesmas para quem já passou por reações químicas nas madeixas. "Depois de danificado, o mais indicado é ir até o salão de beleza para receber as melhores recomendações de um profissional", destaca.

Mas para quem prefere evitar o salão, a dica é resolver em casa, utilizando um óleo específico para a pré-lavagem dos cabelos. Outra alternativa é usar a cada 15 dias um shampoo de limpeza profunda. Porém a hairstylist alerta: "após a lavagem é necessário uma hidratação intensa".


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade