Pesquisar

Canais

Serviços

Roberto Custodio
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Entenda

Conhecimentos gerais ganha peso em atual modelo do Vestibular UEL

Edson Neves/Especial para a Folha de Londrina
20 dez 2021 às 09:27
Continua depois da publicidade

A UEL caminha para o seu segundo vestibular em fase única, num modelo adaptado devido à pandemia da Covid-19. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Ampliou-se o distanciamento social e diminuiu-se o tempo de prova e, principalmente, a quantidade de questões.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


O que antes eram 60 questões de conhecimentos gerais, 20 questões de língua portuguesa e literatura, 10 de línguas estrangeiras e 12 de conhecimentos específicos – 112 no total –, se tornaram menos da metade: 50 questões, sendo 36 de conhecimentos gerais, 10 de língua portuguesa e quatro de línguas estrangeiras, com a retirada das questões discursivas da prova de conhecimentos específicos.


O coordenador de ensino médio do Colégio Marista de Londrina, professor Nilson Douglas Castilho, disse que ex-alunos relataram dificuldade no novo modelo. 


“Se tornou uma prova mais exigente, tendo em vista que as questões de conhecimentos gerais estão um pouco diferentes dos vestibulares anteriores”, explicou.

Continua depois da publicidade


Castilho também listou um outro possível motivo para essa dificuldade. “Antigamente muitos alunos focavam seus estudos na prova das ‘específicas’, aplicada para os aprovados na primeira fase. Se criou essa cultura em Londrina. 


Hoje, com menor número de questões em todas as áreas, a possibilidade de acerto também diminuiu, o que elevou a régua de dificuldade devido a prova em fase única. A margem de erro é muito menor”.


Na Folha de Londrina, entenda o maior impacto nos conhecimentos gerais.

Continue lendo