Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Menos assuntos técnicos

Provas do Enem têm cobrado menos conteúdo e mais interpretação, dizem professores

Lucas Pordeus León - Agência Brasil
13 nov 2023 às 13:05
- Vitor Ogawa - Grupo Folha
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Mais de 2,6 milhões de estudantes enfrentaram, neste domingo (12), 90 questões de ciências da natureza e de matemática no segundo dia de provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2023. 


Para dois dos professores ouvidos pela Agência Brasil, a prova deste ano foi mais interpretativa e menos conteudista.  

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O diretor de Ensino Médio e Avaliações do SAS Plataforma de Educação, Caê Lavor, avaliou que a prova foi mais fácil por ter cobrado menos assuntos técnicos.

Leia mais:

Imagem de destaque
JARDIM BANDEIRANTES

Londrina: EJA tem matrículas abertas no CCI Oeste para idosos acima de 60 anos

Imagem de destaque
46 vagas no estado

Concurso Caixa: região norte do PR é contemplada com dez vagas imediatas

Imagem de destaque
600 mil isentos

Concurso Nacional Unificado tem 2,1 milhões de inscritos

Imagem de destaque
Prova em maio

Vestibular 2024.2 da UTFPR oferta 4.219 vagas em 106 cursos; inscrições começam em 26 de fevereiro


“Caíram mais questões com contexto e que tem relação com o cotidiano dos alunos, então foi uma prova mais fácil do que nos anos anteriores, apesar de não tão mais fácil.” 

Publicidade


Para Caê, nos últimos três anos o Enem estava se tornando uma prova mais conteudista e menos interpretativa. 


Imagem
Gabarito oficial do Enem será antecipado para esta terça-feira, diz MEC
Segundo o ministro, o gabarito oficial deve ser disponibilizado por volta de 19h desta terça. A publicação será no site do Inep.


“O aluno era cobrado a memorizar muitas fórmulas, conhecer disciplinas e temas de forma mais profunda, saber as exceções de algumas regras bem específicas. A prova estava ficando mais conteudista e tradicionalista”, analisou.

Publicidade


Para ele, neste 2023 houve uma mudança em relação aos três últimos anos, retomando uma tradição do Enem, que é de ser uma prova mais interpretativa.  


“A principal consequência do tipo de prova é que ela vai selecionar perfis diferentes do estudante que vai ingressar no ensino superior. Uma prova mais interpretativa valoriza habilidades mais socioemocionais, o senso crítico, a capacidade analítica, a empatia. Já a prova mais técnica ou conteudista valoriza mais a resolução de problemas que precisam de uma base técnica mais ampla.” 

Publicidade


Imagem
Prazo para solicitar reaplicação do Enem 2023 começa nesta segunda-feira
O Inep explica que, “nos casos de doenças infectocontagiosas, os pedidos de reaplicação devem ser acompanhados por documentos comprobatórios, que serão analisados pelo Inep individualmente".


O professor de química do colégio Mopi, Vinícius Carvalho de Paula, teve a mesma impressão: de que as questões priorizaram a interpretação em vez do conteúdo específico das disciplinas.  


“A minha impressão é de que a prova estava em um nível menos conteudista, um nível menos difícil e mais interpretativa. Quem teve calma e fez uma boa leitura conseguiu fazer uma boa prova. Bastava o estudante observar o enunciado da questão que ele podia ver a resposta dentro do enunciado. Poucas questões de cálculo. Apenas três questões envolvendo cálculo que eram mais desafiadoras”, afirmou.  

Publicidade


DIVERGÊNCIA


Já o professor de matemática Lucas Borguezan do Curso Enem Gratuito avaliou que o Enem manteve a tendência que ele tem observado de se tornar, cada vez mais, uma prova no estilo conteudista, apesar de ter percebido a prova de matemática mais fácil neste ano.   


“As questões foram muito bem formuladas, o que ajuda na resolução. No primeiro dia, sim, foi mais interpretativa. Mas isso também tem relação com a própria natureza das disciplinas. No meu balanço de nove Enens na bagagem, estou percebendo que o exame está caminhando para ser cada vez mais conteudista, como uma tendência, e com melhor formulação das questões.”


Imagem
Enem: TPM, criptomoedas e aplicativos de entrega são temas de segundo dia de provas
Milhares de estudantes realizaram a segunda fase do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2023 neste domingo (12), em Londrina.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade