Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Londrina

Conselho Universitário da UEL adere à Prova Paraná Mais com 20% das vagas do vestibular

Reportagem Local
24 jun 2024 às 17:41
- Jaelson Lucas/AEN
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O Conselho Universitário da UEL (Universidade Estadual de Londrina) aprovou o redirecionamento de 20% das vagas do Vestibular para ingresso via nota da Prova Paraná Mais, o que corresponde à metade das vagas reservadas para estudantes de escola pública. A modificação valerá já para o próximo Vestibular 2025, que está com data prevista de realização nos dias 17 e 18 de novembro, em fase única.


Do percentual indicado para ingresso via Prova Paraná Mais, metade será para estudantes de escolas públicas e metade para estudantes negros provenientes de escola pública. A decisão ainda mantém reserva de 10% das vagas para ingresso via Vestibular para estudantes de escola pública, 10% para estudantes negros de escola pública, 5% para negros independente do percurso e 5% para pessoas com deficiência, totalizando 50% vagas reservadas.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Segundo a reitora Marta Favaro, a UEL aderiu à Prova Paraná Mais após um longo período de debates realizados nas instâncias internas, como a Copese (Comissão Permanente de Seleção), Cepe (Câmara de Graduação, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão), CA (Conselho de Administração) e, por último, o Conselho Universitário - cuja aprovação ocorreu na sexta-feira (21). “Temos um compromisso institucional e buscamos fazer essa adesão de forma cuidadosa e planejada mantendo a transparência e a confiança na forma de ingresso à UEL”, afirmou a reitora.

Leia mais:

Imagem de destaque
Oportunidade

UEM faz concurso com 82 vagas para docentes efetivos; salários até R$ 16,5 mil

Imagem de destaque
Mínimo 180 dias

Nova lei concede licença a estudantes de ensino superior que se tornem pais

Imagem de destaque
46 mil alunos

Aulas na rede municipal retomam nesta terça em Londrina

Imagem de destaque
Em fase única

Inscrições para Vestibular 2025 da UEL abrem nesta quinta


De acordo com ela, o processo partiu de uma solicitação das secretarias de Educação (Seed) e de Ensino Superior, Ciência e Tecnologia (Seti). A partir disso, foi criado um Grupo de Trabalho para debater a adesão das Universidades à Prova Paraná Mais e o planejamento e operacionalização do processo seletivo.

Publicidade


EXPECTATIVA


Para a pró-reitora de Graduação (Prograd), Ana Márcia Tucci de Carvalho, a adesão da UEL à Prova Paraná Mais poderá promover ainda mais o nome da Universidade entre os estudantes do ensino médio público. A expectativa é que a operacionalização da Prova ocorra de modo a garantir a possibilidade de acesso a todos os estudantes do ensino público brasileiro.


Para a responsável pela Cops (Coordenadoria de Processos Seletivos) da UEL, Sandra Garcia, as cotas serão mantidas em 50% das vagas oferecidas no Vestibular. Segundo ela, a partir da reserva de vagas para a Prova Paraná Mais, o estudante da escola pública passa a ter mais uma alternativa para entrar no Ensino Superior, ampliando a possibilidade para quase 120 mil alunos que hoje estão cursando o último ano do Ensino Médio na rede pública estadual. Ela explica que estudantes de outros estados poderão fazer a prova, o que representa a abertura de oportunidades para um público que muitas vezes desconhece a estrutura de Ensino Superior público existente no Paraná. (Com informações da Agência UEL)


Imagem
UEL adere à Prova Paraná Mais com 20% das vagas do Vestibular
UEL redireciona 20% das vagas do Vestibular para a Prova Paraná Mais, ampliando acesso ao ensino superior para estudantes de escolas públicas e negros.
Imagem
Cáritas de Londrina recebe homenagem com Medalha Ouro Verde
A Cáritas Arquidiocesana de Londrina recebeu, na sexta-feira (21 ), a Medalha Ouro Verde, maior honraria de Londrina. A entrega foi autorizada pela Lei 13.531/22, de autoria da vereadora Lenir de Assis (PT).
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade