20/04/21
PUBLICIDADE
Confira!

Secretaria de Educação lança programa de reforço para alunos da rede municipal de Londrina

Arquivo/N.Com
Arquivo/N.Com


A Prefeitura de Londrina, por meio da SME (Secretaria Municipal de Educação), está implementando o programa Aprende Mais Londrina, com ações destinadas à melhoria da aprendizagem dos alunos da rede municipal, tendo o reforço escolar como uma das principais estratégias de recuperação de conteúdos.


A partir de abril, serão realizadas práticas de formação para professores do Ensino Fundamental e Educação Infantil, voltadas ao planejamento do ensino e a implementação de atividades extras. Também será abordado o uso de materiais direcionados, como apostilas, cadernos de atividades e sequências didáticas.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes, a iniciativa tem a intenção de mitigar as limitações associadas ao ensino remoto e promover mais qualidade no aprendizado das crianças. "Com a implantação do ensino remoto, constatamos que vários alunos apresentam dificuldades para se adaptar às novas dinâmicas, o que prejudica o seu aprendizado. Por isso, decidimos unir e sistematizar as estratégias que nossos professores usam, oferecendo conteúdos diferenciados para as crianças. As atividades são alinhadas às idades dos alunos e levam em conta as demandas que foram expressadas por suas famílias”, afirmou.

Para viabilizar essas ações, o Aprende Mais Londrina envolverá 4800 profissionais, incluindo todos os docentes da rede municipal e as equipes gestoras. Também participarão do programa 800 professores da rede filantrópica. A partir de quinta-feira (8), por meio de reuniões virtuais, a Secretaria de Educação promoverá atividades de capacitação para os professores, nas quais serão abordados, entre outros conteúdos: a implementação de sequências didáticas; estruturas de planejamento e práticas compartilhadas; avaliação e objetivos de ensino; e a utilização de recursos pedagógicos e tecnológicos.

A assessora pedagógica da SME, Mariângela Bianchini, explicou que o programa foi construído de forma coletiva, por meio de pesquisas e ações de monitoramento conduzidas pela pasta. "Durante o mês de fevereiro, realizamos atividades diagnósticas com os alunos e também fizemos levantamentos com os professores e as famílias das crianças. Baseados nesse direcionamento, vamos oferecer apoio e orientações para os docentes, com abordagens e diretrizes amplas. Contudo, cada unidade escolar organizará um plano de ação voltado às especificidades de sua comunidade”, pontuou.
Redação Bonde com N.Com
Continue lendo
Entenda

Ministério destina R$ 2 milhões da Covid a laboratório sem relação com a doença

20 ABR 2021 às 08h48
Não perca essa oportunidade!

Universidades dos EUA abrem processo para seleção de bolsistas da graduação

19 ABR 2021 às 17h48
Memória científica

Fundação Araucária cria programa para preservação documental de pesquisas

19 ABR 2021 às 17h38
Faça sua inscrição!

CMTU lança curso gratuito para motociclistas

19 ABR 2021 às 17h00
Saiba Mais!

Pesquisadoras brasileiras se unem para formar rede Mulheres na Zoologia

19 ABR 2021 às 16h48
Envie seu trabalho!

Compaz convida escolas para 19ª edição do livro Londrina Pazeando

19 ABR 2021 às 16h30
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados