03/08/21
PUBLICIDADE
Entenda

UEM é 1ª universidade das Américas em pesquisas de mulheres


A UEM (Universidade Estadual de Maringá) é a instituição das Américas e do Hemisfério Sul com maior proporção de pesquisadoras (52,8%) dentre o número total de autores de trabalhos científicos, segundo o CWTS Leiden Ranking 2021, da Universidade de Leiden, na Holanda. É a primeira não europeia na classificação. Além disso, o estudo aponta que a UEM continua como a segunda melhor universidade do Paraná.

"Esses índices são extremamente promissores e mostram que na UEM vivemos num ambiente bastante inclusivo em termos de políticas de diversidade de gênero e do empoderamento das mulheres”, diz Marcia Edilaine Lopes Consolaro, diretora de Pós-Graduação da UEM.

A docente afirma que no mundo, apesar de avanços marcantes, as oportunidades para protagonismo feminino têm sido limitadas. "As mulheres precisam vencer muitos desafios. As disparidades continuam gritantes, o que também se observa na área científica, na qual, de maneira geral, as mulheres representam apenas 1/3 dos cientistas no mundo. No entanto, na UEM essa realidade é completamente diferente: é uma universidade de ponta no incentivo à inovação científica, à produção de conhecimento e à ciência realizada por mulheres”, complementa.

Segundo o estudo, a UEM é seguida, na América do Sul, pela Universidade de Buenos Aires (Argentina), com 51,4%, e Universidade Nacional de Córdoba (Argentina), com 50,6%, as únicas com participação superior a 50%. Na América do Norte, a que chega mais próximo é a Universidade da Carolina do Norte - Greensboro (Estados Unidos), com 48,8%.

A lista avalia a pesquisa acadêmica produzida pelas instituições e leva em consideração a produção científica publicada na base de dados Web of Science, da Clarivate Analytics. Além de gênero (proporção de autoras), há outros três parâmetros de análise: 1) impacto científico; 2) colaborações (artigos em parceria com outras instituições); e 3) acesso aberto (proporção de artigos livres em relação aos restritos).

De acordo com os critérios mencionados, as posições da UEM são, respectivamente: 1) 18ª do Brasil e 24ª da América do Sul; 2) 24ª do Brasil e 32ª da América do Sul; e 3) 24ª do Brasil e 32ª da América do Sul.

A UEM, a 1ª estadual do Paraná no Leiden Ranking, em impacto científico fica em 795º lugar mundial e supera universidades públicas do Brasil como a estadual do Rio de Janeiro (UERJ) e as federais de Goiás (UFG) e da Bahia (UFBA). Em relação aos itens colaboração e acesso aberto, a UEM está na 911ª colocação mundial em ambos. A lista foi divulgada no dia 2 pelo Centro de Estudos em Ciência e Tecnologia da Universidade de Leiden.

O ranking de 2021 analisa quantidade e qualidade das publicações científicas no período de 2016 a 2019. Na comparação com a edição anterior, o número de universidades incluídas no CWTS Leiden Ranking aumentou de 1.176 para 1.225 e os países saltaram de 65 para 69. Todos os quesitos avaliados incluem cinco áreas do conhecimento: Ciências Biomédicas e da Saúde; Ciências da Terra e da Vida; Matemática e Ciência da Computação; Ciências Físicas e Engenharia; e Ciências Sociais e Humanidades.

"A pesquisa científica é fundamental porque encontra respostas e soluções para um mundo cada vez mais baseado na incerteza e garante um planeta mais sustentável, mais justo e mais próspero”, afirma o reitor da UEM, Julio César Damasceno.

De acordo com o professor, quem se forma em uma universidade reconhecida por sua produção científica tem uma formação mais estruturada e "terá um papel muito mais impactante na sociedade”, como é possível de se ver na pandemia, período no qual os cientistas contribuem para que os danos causados à humanidade possam ser minimizados.
Redação Bonde com AEN
PUBLICIDADE
Continue lendo
Inscrições já estão abertas!

Unicamp muda prova de matemática no vestibular para compensar perdas da pandemia

03 AGO 2021 às 18h04
Veja se você foi selecionado!

MEC divulga resultado da segunda chamada do Prouni

03 AGO 2021 às 16h04
Faça o download!

Era Uma Zine, fanzine eletrônico da Biblioteca Pública do Paraná, chega ao número 70

03 AGO 2021 às 15h54
Saiba como fazer!

Inscrições para o Sisu do segundo semestre de 2021 estão abertas

03 AGO 2021 às 15h42
Aberto à comunidade externa!

Programa da UEL de Formação Complementar em Direito e Tecnologia recebe inscrições

03 AGO 2021 às 15h28
Após quase um ano e meio!

Aulas presenciais retornam na rede municipal de Londrina nesta segunda-feira

02 AGO 2021 às 18h04
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados