17/04/21
PUBLICIDADE
Saiba mais

Confira séries e outros programas de TV para viajar sem sair da quarentena

Enquanto as autoridades recomendam, no Brasil, que as pessoas comecem a passar mais tempo em casa e que saiam somente quando for estritamente necessário, a fim de conter a pandemia de coronavírus, muita gente se pergunta como ocupar o novo tempo livre.

Shutterstock
Shutterstock


Muitas delas estão de home office, é verdade, mas o que fazer com as horas normalmente gastas para se locomover até o escritório? E com as noites antes ocupadas por barzinhos?

Com o ócio recém-conquistado, muitos aproveitam para colocar séries em dia e explorar os catálogos dos streamings. E, frente às novas restrições de viagem impostas por autoridades, ao fechamento de fronteiras e ao cancelamento de rotas de voo, por que não para conhecer diferentes culturas sem abandonar o sofá da sala?

Vários serviços de filmes e séries sob demanda oferecem amplo cardápio de programas gravados mundo afora. É uma boa opção para quem teve que adiar as férias por causa da pandemia, e também para qualquer um que já tenha ficado entediado com a decoração blasé de casa e queira ver gente e lugares novos.

Confira aqui uma seleção de cinco programas de TV que exploram costumes e sabores estrangeiros e que, apesar de poderem ser acessados pela telinha, fazem o espectador viajar para além das paredes da sala de estar.

Queer Eye: Luz, Câmera, Japão! (Netflix)

Versão modernizada do reality show "Queer Eye for the Straight Guy", de 2003, "Queer Eye" provou ser um sucesso na Netflix. A premissa é simples: cinco homens gays encontram uma pessoa que está com problemas pessoais, precisando mudar de vida.

Cada um a ajuda em alguma área. Tan France com as roupas, Antoni Porowski com a alimentação, Bobby Berk com o lar, Jonathan Van Ness com os cabelo e a estética e Karamo Brown com a atitude.

Americana, a série costuma viajar entre diferentes cidades dos Estados Unidos. Mas, em 2019, o quinteto pegou um avião rumo ao Japão, onde se deparou com barreiras culturais que tornaram seus desafios mais complicados.

No derivado, enquanto ajudam os participantes a melhorarem a relação com eles mesmos, os apresentadores dão dicas sobre a cultura local, destacando os hábitos que distanciam os japoneses do Ocidente.

Sex and the City (HBO Go)

As marquises da Broadway se apagaram na semana passada após a proibição de eventos com grande concentração de pessoas. Mas uma Nova York bem diferente da atual é uma das estrelas de "Sex and the City", icônica série exibida entre 1998 e 2004.

Nela, quatro amigas exploram a cidade, fazendo pausas em bares no meio do caminho para beber cosmopolitans –drinque cor-de-rosa feito com vodca, que com frequência aparece na mão de Sarah Jessica Parker, uma das protagonistas da trama.

Disponível na HBO Go, a série apresenta ao telespectador Nova York em sua melhor forma, com todo o agito e glamour associados à cidade.

Street Food (Netflix)

A Ásia concentrou os primeiros casos de coronavírus, mas também concentra uma rica cultura gastronômica. A série, original da Netflix, passeia por diversas cidades do continente em busca das mais tradicionais, saborosas e exóticas receitas encontradas por lá.

Um dos episódios se passa em Taiwan, onde o espectador é apresentado a iguarias como omelete de ostra e ensopado de cabeça de peixe, facilmente encontradas em barraquinhas ou lojas de rua.

Ao acompanhar a rotina dos cozinheiros do lugar, a série dá ao espectador um descanso do trivial arroz e feijão.

O Mundo Segundo os Brasileiros (YouTube)

Originalmente exibido pela Band, o programa agora tem episódios completos disponíveis no YouTube. Cada capítulo mostra brasileiros que moram em outros países, acompanhando suas rotinas a fim de mergulhar na cultura local, mas também visitando restaurantes, lojas e pontos turísticos já bem conhecidos.
Entre os episódios disponíveis online estão os de Nápoles, Frankfurt, Manchester, Okinawa e La Paz.

Passione (Globoplay)

Os nostálgicos podem aproveitar o isolamento para rever a novela da Globo, originalmente exibida em 2010. Diversos episódios estão disponíveis na Globoplay.

Criada por Silvio de Abreu, a trama acompanha diferentes núcleos familiares no Brasil e na Itália. Várias cenas são ambientadas na Toscana, região importante para o suspeito romance que floresce entre o personagem de Tony Ramos e a misteriosa Clara, vivida por Mariana Ximenes.
Folhapress
Continue lendo
Estável

Cantor Jorge Aragão é internado e passa por cateterismo

16 ABR 2021 às 17h20
Veja o vídeo

Grupo de k-pop viraliza na web cantando música de Gusttavo Lima

16 ABR 2021 às 17h00
'Nunca mais me chamou'

Atriz diz que apertou botão do pânico na casa de Tom Cruise e acabou com jantar

16 ABR 2021 às 16h18
Entenda

Lil Nas X é criticado por suposto vídeo de sua mãe pedindo esmola; pai defende filho

16 ABR 2021 às 16h00
Após sentir dores

Mulher Filé fará cirurgia às pressas por complicações nas próteses de silicone

16 ABR 2021 às 15h45
Canção eterna

Música mais rentável de Roberto Carlos em 2020 foi inspirada na 1ª mulher

16 ABR 2021 às 15h20
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados