Pesquisar

Canais

Serviços

- Créditos da foto: David Lee/NETFLIX
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Oscar em 2021

Chadwick Boseman ainda pode receber um Oscar em 2021

CV Folha
22 mar 2021 às 10:10
Continua depois da publicidade

Chadwick Boseman, ator, roteirista e diretor norte-americano, falecido em 28 de agosto de 2020, deixou para trás um vasto legado através do seu trabalho. De acordo com as probabilidades disponíveis no site de apostas Bet365, o ator domina as chances de levar o Oscar de Melhor Ator por sua performance em "A Voz Suprema do Blues”, filme em que contracenou com outra indicada ao Oscar, Viola Davis.

Continua depois da publicidade


As probabilidades disponíveis em sites de apostas para esse tipo de premiação são calculadas levando em conta a popularidade do indicado e os critérios que geralmente são levados em consideração pelos juízes. As chances podem sofrer alterações a partir de acontecimentos como a descoberta de algum escândalo envolvendo o indicado, por exemplo.

Continua depois da publicidade


Em 2020, o ator já recebeu um Globo de Ouro pela mesma performance, que agora está sob a avaliação dos jurados do Oscar.


E o Oscar de Melhor Ator vai para...
Enquanto, no momento, a aposta na vitória de Chadwick Boseman promete resultar em um prêmio de apenas 1,05 vezes o valor apostado, a aposta em Anthony Hopkins, o segundo ator mais provável a levar o Oscar de Melhor Ator, renderia 9 vezes, caso fosse vitorioso. Isso significa que, mesmo sendo o segundo ator com mais probabilidades, ainda assim é altamente improvável que Hopkins leve o prêmio, de acordo com probabilidades calculadas pelo site Bet365.

Continua depois da publicidade


Chadwick Boseman: uma carreira de dedicação
Apenas com 19 anos de idade, Chadwick Boseman escreveu e atuou em sua primeira peça na escola onde fez o ensino médio. Na faculdade, já tinha a certeza de sua vontade de trabalhar na indústria cinematográfica e ingressou no curso de Artes Plásticas na Direção.


Alguns anos depois, com o apoio de sua mentora, arrecadou fundos, foi inscrito e aceito no Oxford Mid-Summer Program da British American Drama Academy, na cidade de Londres, onde pôde aprimorar suas habilidades de atuação e compreender mais sobre o universo e o dia-a-dia dos atores. Após voltar aos EUA, Chadwick Boseman se formou na British American Dramatic Academy, onde estudou mais sobre cinema e consolidou sua paixão.


Trabalhou como instrutor de teatro por anos, até que em 2008 se mudou para Los Angeles, cidade americana onde as principais produtoras de cinema do país ficam concentradas. A partir de então, sua carreira começou a crescer e contou com participações em grandes filmes e séries de TV como Law & Order e CSI.


Em 2018, Chadwick Boseman fez história ao interpretar o príncipe do reino de Wakanda, no filme Pantera Negra (Marvel). O personagem é o mais conhecido super-herói negro dos quadrinhos e, apesar de não ter sido o primeiro do cinema, foi o que obteve mais destaque e alcance em toda a história.


Em agosto de 2020, o ator perdeu sua batalha para o câncer de cólon, que foi diagnosticado em estágio 3 no ano de 2016, estágio em que a doença já é considerada grave e de difícil tratamento.

O filme A Voz Suprema do Blues, pelo qual o ator foi indicado aos prêmios de Melhor Ator tanto no Globo de Ouro, quanto no Oscar, foi lançado de forma póstuma, em dezembro de 2020 e recebeu boas críticas, tanto do público, quanto da mídia especializada.


Continue lendo