Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução/Youtube
Continua depois da publicidade
#UmDiaEuVou

Google faz campanha com Malala para o Dia Internacional da Mulher; assista

Redação Bonde
08 mar 2016 às 10:16
Continua depois da publicidade

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, o Google fez um vídeo com 58 mulheres de diversas partes do mundo compartilhando seus sonhos. Como de costume em datas especiais, a empresa lançou um doodle mas, dessa vez, ele é muito mais que uma simples animação.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O vídeo, de pouco mais de um minuto, aparece na página inicial do buscador e faz parte da campanha #OneDayIWill (ou, em português #UmDiaEuVou), que estimula mulheres a dividirem seus sonhos e ambições.


O clipe reúne mulheres anônimas e conhecidas de 13 cidades: São Francisco, Londres, Paris, Moscou, Berlim, Cairo, Jakarta, Bangkok, Nova Delhi, Tóquio, Cidade do México, Lagos (Nigéria) e Rio de Janeiro.


Entre elas, está a paquistanesa ganhadora do Nobel da Paz, Malala Yousafzai, que foi baleada na cabeça por integrantes do Talibã. "Um dia eu verei todas meninas na escola", diz a jovem. Outra presença ilustre é a da antropóloga britânica Jane Goodall, que estudou a vida social dos chimpanzés da Tanzânia por 40 anos. "Eu irei discutir meio ambiente com o Papa Francisco", diz ela no vídeo.


"Nos últimos anos, os Doodles comemoraram os feitos de mulheres na ciência, direitos humanos, jornalismo, esportes, artes, tecnologia e muito mais. É uma honra homenagear quem mudou a história, mas neste ano quisemos celebrar as mulheres do futuro. Então juntamos nossas câmeras e lápis e visitamos 13 países, onde falamos com 337 mulheres e pedimos que elas completassem a frase: Um dia eu vou…", explicou o Google.

Continua depois da publicidade


Desde uma viagem ao espaço para ver os anéis de saturno, desejo da brasileira, até o sonho de ser a primeira presidente mulher do Egito, o vídeo reúne os relatos de 58 sonhadoras de culturas, línguas e anseios bastante diferentes, mas com um sentimento em comum: que todas as mulheres tenham voz no mundo. Assista ao vídeo:


(Com informações do TechTudo e G1)


Compartilhar nas redes:

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade