Pesquisar

Canais

Serviços

Festival de Inverno da UFPR domina Antonina

Rodrigo Juste Duarte
10 jul 2003 às 17:28
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Ao longo da semana, a cidade litorânea de Antonina será o cenário de uma grande agitação cultural, gerada pelo Festival de Inverno da UFPR. Este evento muda o cotidiano da simpática cidade, lembrada por suas comidas típicas, como o barreado e o peixe na telha. Durante uma semana, Antonina terá uma overdose de espetáculos de música, teatro, dança e circo, para todos os gostos e nos mais diversos horários.

Continua depois da publicidade

Este ano, em sua 13ª edição consecutiva, o festival é realizado entre os dias 12 a 19 de julho. A noite de abertura ficou por conta do cantor e compositor baiano Tom Zé. Durante o decorrer do festival, mais atrações de requinte se apresentam, como os grupos Terra Sonora, Primal, Makoto, The Rockets, entre outros.


Ao todo, o festival deste ano conta com 42 espetáculos. Na noite de encerramento, no dia 19 de julho, o cantor Oswaldo Montenegro retorna ao Festival de Inverno, onde se apresentou em 1992, na segunda edição do evento.


Todas estas apresentações são gratuitas. Os únicos espetáculos pagos são os do Banana Cabaré, um novo espaço do festival, para shows mais intimistas. Nele, a entrada custa R$ 3 e a cada noite um artista se apresenta a partir da meia-noite, entre eles o Xique-Baratinho (de Maceió), a Sinfonética Comunitária Flutuante, e o Denorex 80.


Juntamente com os espetáculos, as oficinas formam os dois grandes pilares do evento. Este ano estão sendo oferecidas 45 oficinas infantis e mais 42 oficinas e cursos para adultos, nas áreas de teatro, artes plásticas, música, dança, artesanato, entre outros ramos das artes. Após uma semana de aprendizado, a produção dos alunos é exibida ao público no último dia do festival, sábado, 19 de julho.

Continua depois da publicidade


Como chegar
Antonina fica a 84 km de Curitiba. O acesso é pela BR 277, seguindo pela PR 408 km após Morretes, ou pela BR 116, descendo pela Serra da Graciosa. No inverno, a temperatura média é de 18º.


O que levar
A maior parte da cidade pode ser conhecida a pé. Para fazer os passeios ou mesmo trilhas, é preciso levar tênis. Durante o dia faz calor e é perfeitamente viável usar camiseta e bermuda. À noite, a temperatura cai e é necessário usar agasalhos. Recomenda-se levar desde moletons leves até agasalhos mais pesados. É bom levar também guarda-chuva ou capa pois sempre ocorre alguma chuva ocasional durante a semana do evento. Sapatos hipermeáveis são uma boa pedida para esta situação. em resumo: vá preparado para enfrentar o clima mais imprevisível que se possa imaginar.


Serviço:
Festival de Inverno de Antonina

Local: cidade de Antonina, litoral paranaense
Data: de 12 a 19 de julho de 2003
Site: http://www.proec.ufpr.br/festival2003


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade