Pesquisar

Canais

Serviços

Panteras ao vivo e a cores em cartaz no Mini-Guaíra, de quinta a domingo - Divulgação
Continua depois da publicidade

As Panteras ao vivo e a cores satiriza filme americano

Redação Bonde
22 jul 2003 às 14:39
Continua depois da publicidade

As Panteras ao vivo e a cores, é o novo espetáculo da Cia Teatral Serafim, desta vez sob a direção de Cesar Almeida, que também assina o texto desta escrachada sátira do filme.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O espetáculo tem o objetivo de fazer rir. Rir muito, pois o texto trata da trajetória de nossas heroínas e suas peripécias para cumprirem a super missão de desmascarar o Sr. Bush (o grande vilão da história).


"O espetáculo não propõe absolutamente nada de novo, apenas uma grande bobagem teatral. O único objetivo é divertir a platéia curitibana", afirma o diretor.


Mostrando ícones da cultura televisiva atual em performances impagáveis de Caike Luna, o espetáculo é um verdadeiro desfile de sátiras. A montagem revisita todo o lixo da TV brasileira para homenagear neste espetáculo pra lá de trash, estes ídolos tão adorados por alguns, mas tão incompreendidos pelo público cult.


A trama já é uma prova do caráter trash do espetáculo: As três verdadeiras panteras, brasileiras de nascimento, são chamadas a desmascarar o monstro que vem assolando nosso país(Sr. Bush).

Continua depois da publicidade


Missão aparentemente simples, pois o segredo já é compartilhado com todos os brasileiros, só que elas querem tornar a coisa pública através de um programa de tv ao vivo. Começam então as peripécias dessas três sanguinárias criaturas para cumprir sua missão.


O linguajar não é aconselhável para menores, pois as panteras nacionais "não tiveram educação alguma. Foram criadas num país onde a política não valoriza a cultura, apenas a distribuição de cestas básicas é o hit da política do planalto".


No elenco além dos produtores da Serafim Cia Teatral: Orlando Riguetto e Fernando Cardoso, tem a participação especial de Andy Gercker e Caike Luna - que se desdobra em 07 personagens que contracenam com as panterinhas brasileiras. Texto, direção e sonoplastia de Cesar Almeida, figurinos do elenco.


Essa é a segunda montagem que o diretor faz esse ano. A primeira montagem do ano foi Cartas de Desamor, que volta em cartaz de 09/10 a 09/11 no Teatro José Maria Santos.

Serviço:
AS PANTERAS ao vivo e a cores
Mini-Guaira
31/07 a 31/08
quinta a domingo - 21:00H
R$10,00 e R$5,00
(estudantes, classe artística, bônus e clube do assinante)


Compartilhar nas redes:

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade