Pesquisar

Canais

Serviços

Um dos espetáculos mais aguardados é o da Companhia Armazém de Teatro, ‘Inveja dos Anjos’ - Filo/Divulgação
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Veja programação

Tudo pronto para o Filo 2009

Francismar Lemes/Equipe Folha
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Quarentão com tudo em cima, a quadragésimo primeiro Festival Internacional de Londrina (Filo) demonstra que com ou sem crise um dos mais importantes festivais de teatro da América Latina mantém a forma e a qualidade nas apresentações. Já na abertura no próximo dia 5 , com o espetáculo ''A Noite dos Palhaços Mudos'', da paulistana Companhia La Mínima, de São Paulo, a programação trará espetáculos premiados como o Teatr Licedei, uma escola de palhaços russa.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

A preocupação da realizadora do evento, a Associação dos Amigos da Educação e Cultura do Norte do Paraná (Àmen) de que a crise mundial afetasse a realização do Filo, se confirmou com a redução em 15% no orçamento total, estimado em R$ 1,5 milhão.

Continua depois da publicidade


Xodó do Filo, o Cabaré, programação paralela de shows, que no ano passado trouxe Ney Matogrosso e Elza Soares, apresentará músicos locais e participantes do festival.


Os locais de apresentação, chamados pontos de encontro, são quatro: o Bar Valentino, Strettos Pub, Vitrola Bar e a Vila Cultural Cemitério de Automóveis.


No total, a programação inclui 49 atrações de oito países em mais de 90 apresentações. Entre elas, espetáculos como '' Semianyki'', dos russos do Licedei, que também se apresentarão no Rio de Janeiro. O grupo foi criado há 40 anos por Slava Polunin, considerado um dos maiores palhaços do mundo.

Continua depois da publicidade


Outro destaque é ''Pépé e Stella'', do Teatro Gioco Vita, da Itália, uma das melhores companhias do teatro de sombras e bonecos da atualidade. O elenco do dramaturgo argentino Daniel Verenese volta ao Filo, agora com ''La Noche Canta Sus Canciones'' e ainda há Claudio Tolcachir, com ''La Omissión de la Família Coleman''.


A surpresa fica por conta do catalão Loscorderos.sc com o espetáculo ''Crónica de José Agarrotado'', que traz para o evento o teatro físico. Também é esperada a apresentação do ítalo-argentino Norberto Presta, do Centro di Produzione Teatrale Via Rosse, com a peça ''Fragmentos de Vidas Divididas''.


A atriz cubana Mérida Urquia, da peça ''Madre Coraje'', o Studio Théâtre de Stains, com ''Le Jeune Prince et la Vérité'', também estão confirmados.


Além do espetáculo de abertura da Cia. La Mínima, o festival trará outros espetáculo brasileiros premiados. Um dos mais aguardados é o da Companhia Armazém de Teatro, ''Inveja dos Anjos'', prêmios Shell de Melhor Autor para o londrinense Maurício Arruda Mendonça e Paulo de Moraes e Melhor, Atriz Patrícia Selonk.


Cibele Forjaz, de São Paulo, também volta ao Filo com ''Rainha(s) - Duas Atrizes em Busca de um Coração''. Os jovens mineiros do Grupo Espanca, que já fizeram sucesso no evento, também baixam na programação com a peça ''Congresso Internacional do Medo''.


Duas estreias dividem o palco: a da Companhia Ballet de Londrina, ''Para Acordar os Homens e Adormecer as Crianças'', e ''Os Figurantes'', da Casa Laboratório para as Artes do Teatro, apresentando outro quase parceiro do evento, Cacá Carvalho.


Leia também:

Lançamento do 29º FML terá apresentação do Teatro Guaíra


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade