Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação
Em outubro

CBF retira ação contra clubes ingleses, que prometem ceder jogadores

11 set 2021 às 16:20
Continua depois da publicidade

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) retirou o pedido de punição da Fifa (Federação Internacional de Futebol) aos clubes da Inglaterra por não cederem jogadores para as partidas deste mês das Eliminatórias da Copa do Mundo. Outras associações da América do Sul e do México também recuaram da decisão. A informação foi publicada inicialmente pelo portal GE.

Continua depois da publicidade


Continua depois da publicidade

Em contrapartida, os clubes ingleses prometeram liberar seus atletas para as rodadas das Eliminatórias marcadas para outubro. No mês que vem, a seleção brasileira enfrentará a Venezuela e o Uruguai. A lista dos convocados ainda não foi anunciada.


Com o acordo, os times que disputam a Premier League ficam liberados para usarem os jogadores brasileiros neste fim de semana. Nos casos de Chelsea e Manchester United, também poderão aproveitá-los na rodada da Champions League de terça-feira (14).

Continua depois da publicidade


O desentendimento envolvendo a CBF começou quando os clubes ingleses se recusaram a ceder os atletas brasileiros para jogos das Eliminatórias alegando que eles perderiam partidas importantes. Se viajassem ao Brasil, quando voltassem ao Reino Unido, os jogadores teriam de cumprir quarentena de duas semanas.


Entre os jogadores brasileiros que atuam no futebol da Inglaterra estão Alison, Fabinho, Firmino (todos do Liverpool), Raphinha (Leeds United), Fred (Manchester United), Thiago Silva (Chelsea), Ederson e Gabriel Jesus (ambos do Manchester City).


Além deles, o técnico da seleção brasileira, Tite, não contou nas últimas três partidas das Eliminatórias com Malcom e Claudinho, ambos do Zenit, que retornaram à Rússia a pedido do clube.


Sem os jogadores, a CBF entrou com pedido de punição de acordo com a legislação da Fifa. Dirigentes brasileiros também se irritaram com o fato de que a Argentina contou com quatro nomes que disputam a Premier League em partidas das Eliminatórias. Justamente o quarteto impedido pela Anvisa de atuar. Martínez e Buendía tiveram autorização do Aston Villa. Lo Celso e Romero embarcaram à revelia do Tottenham Hotspur.


Na quarta (8), a entidade máxima do futebol vetou a escalação de brasileiros na Inglaterra e na Rússia no período de convocação e mais cinco dias. Com o acordo, entretanto, a sanção foi retirada.


Pelas Eliminatórias, o Brasil derrotou o Chile, teve o jogo contra a Argentina suspenso por ação da Anvisa (que não permitiu a presença de Martínez, Lo Celso, Buendía e Romero em campo) e venceu o Peru. A equipe de Tite lidera a competição com oito vitórias em oito jogos.

Continue lendo