Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Fim de novela

'Acabou, é página virada', diz Joel sobre Ronaldinho

Agência Estado
01 jun 2012 às 09:14
Publicidade
Publicidade

Horas após a saída de Ronaldinho Gaúcho do Flamengo ser confirmada, o técnico Joel Santana dirigiu o time na vitória por 2 a 0 sobre a seleção do Piauí, na noite da última quinta-feira, em Teresina, e depois comentou o fim da passagem do meia-atacante pelo clube. O treinador, que entrou em conflito com o craque na fase final da passagem do mesmo pelo time, evitou fazer muitos comentários sobre o assunto e preferiu projetar o futuro, deixando claro que o atleta já faz parte do passado flamenguista.

Joel, entretanto, não deixou de lamentar o fim da era Ronaldinho no Flamengo, que contratou o jogador no início do ano passado e fez grande festa para recebê-lo. "Foi um final que não era para acontecer, mas infelizmente aconteceu. Temos de continuar trabalhando em função do grupo. Acabou, não adianta falar de uma coisa que não existe mais. É página virada, vamos pensar no grupo que temos aqui. Mas é uma pena, um jogador que é um ídolo. O Flamengo fez um esforço muito grande para trazer, mas acabou", admitiu o comandante, que ficou satisfeito com o desempenho do time flamenguista no amistoso desta quinta-feira.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A vitória no confronto veio com gols de Kleberson, aos 39 minutos do primeiro tempo, e Luiz Antonio, aos 35 do segundo. Luiz Antonio, por sua vez, substituiu justamente Kleberson, no segundo tempo, no qual Joel aproveitou para promover outras nove substituições no duelo em que apenas o lateral-esquerdo Wellington atuou o tempo todo.

Leia mais:

Imagem de destaque
Em meio a polêmicas

Presidente da La Liga quer Vini Jr embaixador após aposentadoria

Imagem de destaque

São Paulo vê três notícias boas (e outras três ruins) antes de encarar Ceni

Imagem de destaque
Artilheiro

Pedro faz gol de tudo que é jeito no Flamengo

Imagem de destaque
Até 2029

Palmeiras anuncia a contratação do lateral argentino Agustín Giay


Para Joel, essas mudanças foram importantes para dar entrosamento aos garotos que têm poucas chances de atuar na equipe titular. O amistoso, que marcou o primeiro jogo do time após a saída de Ronaldinho, serviu de preparação para a partida da próxima quarta-feira, contra a Ponte Preta, em Campinas, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.


"A equipe precisa mais disso, de ritmo, entrosamento. Foi muito bom porque movimentamos todo o elenco e conseguimos avançar na preparação para o Brasileiro. Tivemos muitos meninos em campo, muita gente que ainda está chegando e é bom dar essa oportunidade a eles. Gostei do que vi", ressaltou o comandante.

No amistoso desta quinta, realizado no Estádio Albertão, em Teresina, Joel usou a seguinte formação: Paulo Victor (Marcelo Carné); Léo Moura (Muralha), Marllon (Thiago Medeiros), Welinton (Arthur) e Wellington Silva; Airton (Amaral), Kleberson (Luiz Antonio), Renato (Jorge Luiz) e Ibson (Bottinelli); Vagner Love (Negueba) e Deivid (Diego Maurício).


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade