Pesquisar

Canais

Serviços

Crise

CBF muda rota e pretende contratar executivo para seleção em 2024

Folhapress
29 nov 2023 às 14:59
- Lucas Figueiredo/CBF
Publicidade
Publicidade

A CBF tem a intenção de contratar um diretor ou executivo para a seleção brasileira para 2024. É uma mudança de rumo do presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues, que até agora tem lidado diretamente com as questões do time nacional.


Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade

O pensamento do dirigente sempre foi de que, para contratar um diretor ou executivo, teria de encontrar alguém com conexão com o técnico da seleção.

Leia mais:

Imagem de destaque
Romero marca dois

Corinthians espanta zebra, domina o Cianorte e avança na Copa do Brasil

Imagem de destaque
MAIS UM REFORÇO

Londrina EC anuncia contratação de atleta australiano

Imagem de destaque
Novidades

Após reformulação, revelações da base do Londrina EC ganham espaço

Imagem de destaque
4 anos e meio de prisão

Condenação de Daniel Alves é medida exemplar contra o machismo, diz vice-presidente da Espanha


Houve uma conversa de Ednaldo com o atual treinador Fernando Diniz sobre a necessidade de um diretor para funcionar na mediação entre eles. Inicialmente, Diniz indicou que gostaria de um contato direto com o presidente da CBF.

Publicidade


Assim tem a funcionado a seleção nos seis primeiros jogos da seleção. Ednaldo recebe de Diniz diretamente as demandas do time brasileiro, como ficar mais na Granja Comary ou viajar em voo charter mais cômodo. O dirigente acompanha a seleção nas viagens para verificar de perto o trabalho e necessidades.


Mas Ednaldo tem percebido que é preciso uma pessoa para dividir parte dessas tarefas e assumir mais diretamente funções relacionados ao time brasileiro.


Por isso, sua intenção é contratar um executivo para a próxima temporada. Mas isso, obviamente, vai depender de achar uma pessoa com o perfil desejado.


Imagem
Papa Francisco brinca que "um pouco de uísque é bom"
O papa Francisco falou nesta quarta-feira (29) que "um pouco" de uísque é "bom", ao receber uma delegação do Celtic, time de futebol historicamente ligado aos católicos da Escócia.
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade