Pesquisar

Canais

Serviços

Focado no Mundial

Corinthians encara Bahia e garante que não 'entregará'

Agência Estado
20 out 2012 às 08:39
Publicidade
Publicidade

Além da estreia do chinês Zizao, só um outro assunto dominou o Corinthians nesta semana: a possibilidade de prejudicar o Palmeiras, perdendo o jogo deste sábado (20) contra o também ameaçado Bahia, às 18h30, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, pela 32.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Afinal, o cenário para uma hipotética "entrega" está armado. Vários titulares de Tite ficam fora da partida - alguns deles estão sendo poupados. E quem entrar em campo estará com a cabeça no Mundial de Clubes da Fifa e não no Brasileirão.

Pelo menos 20 mil corintianos irão ao Pacaembu - 14 mil ingressos foram vendidos até esta sexta-feira. Não será difícil que uma parte deles peça para o time perder, como fizeram alguns palmeirenses e são-paulinos em 2010 em confrontos contra o Fluminense. Mas não foi em 2009, com o Corinthians em campo contra o Flamengo, que esse tipo de coisa começou? Convictos, os corintianos garantem que não.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Para colocar um ponto final nessa história que não combina com futebol profissional, o Corinthians afirma categoricamente que irá vencer o Bahia, ou, pelo menos, tentar. "Somos time grande, não há possibilidade de ninguém entregar o jogo", disse o vice-presidente, Luis Paulo Rosenberg. Tite e os diretores ligados ao departamento de futebol falam em honra. "Vamos entrar em campo com a mesma dignidade", afirmou o treinador, que fica extremamente irritado com esse tipo de especulação.

Leia mais:

Imagem de destaque
Satisfeito

António Oliveira vibra por defesa do Corinthians e faz desafio ao elenco

Imagem de destaque
Entenda

Mundial, seleção e mais: por que Felipe Anderson foi da Europa ao Palmeiras

Imagem de destaque
Mercado da bola

Santos banca João Paulo e rejeita Rafael Cabral após tentativa em janeiro

Imagem de destaque
Tubarão

Volante Samuel Andrade chega para integrar o Londrina EC


Novatos de clube, o argentino Martínez e o peruano Guerrero, ambos ainda sem muita noção da rivalidade entre Corinthians e Palmeiras, disseram que vão jogar neste sábado pensando em fazer um bom papel e cavar um lugar no time titular do Mundial. "Na Argentina, mesmo com Boca e River, todos pensam em ganhar. Não podemos pensar em entregar o jogo. Sempre penso em ganhar", disse Martínez.


Guerrero falou que o Palmeiras tem um bom time e é impossível cravar se será rebaixado. "Mas está difícil para todos os clubes que estão na parte de baixo da tabela".

Pela escalação, Tite montou um time ofensivo. Martínez e Guerrero, que não enfrentaram o Cruzeiro, vão atuar no ataque junto com Romarinho. O meio de campo terá Guilherme Andrade, Guilherme e Douglas, cobrador oficial de faltas. Tite treinou muito as jogadas de bola parada para surpreender o Bahia e insistiu no apoio de Edenilson pela direita. Relacionado, Zizao pode ficar no banco.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade