12/11/19
33º/20ºLONDRINA
PUBLICIDADE
Rivalidade!

Cristiano Ronaldo quer mais Bolas de Ouro para ficar na frente de Messi: 'Mereço'

Às vésperas de mais uma premiação de melhor do mundo, o atacante Cristiano Ronaldo, apesar de não ser o favorito neste ano, sonha em ganhar mais uma para sua coleção, que já tem cinco troféus. Em uma entrevista à emissora de televisão britânica ITV, o português comentou sobre a sua busca incessante pela quebra de novos recordes dentro dos gramados e revelou que, quando pendurar as chuteiras, espera que possa ser lembrado como o jogador que ganhou mais Bolas de Ouro na história do futebol.

Shutterstock
Shutterstock


Ainda segundo o craque da Juventus e da seleção de Portugal, essa também seria a sua oportunidade de ficar acima do seu rival de geração, o argentino Lionel Messi. "(Ser o jogador com) Mais Bolas de Ouro na história do futebol. Eu adoraria. Acho que mereço. O Messi é um cara fantástico, um jogador fantástico, vai ficar na história do futebol. Mas acredito que depois de uma sexta, sétima ou oitava eu vou ficar acima dele", afirmou.

Apesar de toda a competitividade que envolve a sua relação com o craque argentino do Barcelona, Cristiano Ronaldo também exaltou o futebol do camisa 10, o colocando como o melhor jogador que já enfrentou. "Eu e o Messi não somos amigos ‘de casa’, mas compartilhamos o palco durante 15 anos. Eu sei que ele me puxou para ser melhor e eu fiz o mesmo a ele. É o melhor jogador que já enfrentei. Sem dúvida", disse.

Nesta segunda-feira, em Milão, na Itália, Cristiano Ronaldo e Messi estarão mais uma vez na disputa para ganhar o Fifa The Best. Mas os dois não são os favoritos, já que o terceiro concorrente é o zagueiro holandês Virgil van Dijk, do Liverpool, campeão da última liga dos Campeões da Europa e escolhido o melhor da última temporada pela Uefa em uma eleição justamente contra o português e o argentino.

Aos 34 anos, Cristiano Ronaldo deu novas pistas de que a sua história no futebol está longe de terminar enquanto tiver a motivação de superar Messi, de 32. "Não sigo os recordes, os recordes me seguem. Sou viciado no sucesso e não acho que seja algo ruim, acho que é bom. Isso me motiva. Se você não está motivado, é melhor parar", completou.
Agência Estado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
comentários
Continue lendo
Em queda livre

LEC perde mais uma e entra na zona de rebaixamento

Siga lance a lance

Na luta contra ZR, Londrina pega o Criciúma em 'decisão'

Confira!

Londrina disputa as fases finais do Bom de Bola

Problemas para Silvinho

Londrina terá vários desfalques para a partida contra o Criciúma

Veja mais e a capa do canal