Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Contra o Nacional

Em 'maratona', Corinthians precisa vencer na Sul-Americana

Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
07 mai 2024 às 12:00
- Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Publicidade
Publicidade

Menos de 72 horas depois, o Corinthians volta a campo nesta terça-feira (7) em um jogo decisivo na Copa Sul-Americana. O Timão encara o Nacional. às 19h (horário de Brasília), no estádio Defensores Del Chaco, em Assunção.


Com apenas uma vitória em três jogos, o Corinthians soma quatro pontos e é o terceiro colocado da chave, com quatro pontos. Para seguir com chances de classificação, precisa vencer os paraguaios, lanternas do grupo, com um ponto. Argentinos Juniors, com seis, e Racing, com cinco, se enfrentam também nesta terça, no Uruguai.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A preocupação do técnico António Oliveira é com a maratona de jogos da equipe. No sábado (4) a noite, o Corinthians ficou no 0 a 0 com o Fortaleza pelo Campeonato Brasileiro. E já voltará a campo no sábado (11) para pegar o Flamengo, no Maracanã. Inicialmente o duelo com o Fortaleza seria no período da tarde e a mudança do horário irritou o comandante corintiano.

Leia mais:

Imagem de destaque
Revitalização da região

Rio de Janeiro desapropria imóvel para construir estádio do Flamengo

Imagem de destaque
Show no Rock in Rio Lisboa

Camila Cabello confunde expressão de Cristiano Ronaldo com vaias

Imagem de destaque
Brasil

Vini Jr gosta de jogo grande e tem Copa América para virar chave na seleção

Imagem de destaque
Balanço

Para Abel, Palmeiras melhorou sem Endrick e cia., mas Dudu terá de remar


"É mais fácil estar numa cadeira marcando jogos, não são eles que jogam. Eles precisam dar entretenimento às pessoas. Não temos tempo para recuperar. Deviam ter mais respeito porque vamos representar o país fora dele, mas aí não querem saber: o importante é colocar o jogo", reclamou Oliveira.


O acúmulo de jogos tem causado problemas no elenco, com vários jogadores machucados. Nomes como Yuri Alberto, Coronado, Gustavo Henrique e Pedro Henrique foram ausências recentes e ainda não estão confirmados para os próximos embates. Para piorar, diante do Fortaleza, o atacante Mosquito deixou o gramado no intervalo com sintomas de virose e virou dúvida.


LEIA MAIS NA FOLHA DE LONDRINA.


Imagem
Em meio a maratona, Corinthians precisa vencer na Sul-Americana
Com apenas uma vitória em três jogos, Timão encara o Nacional em Assunção para seguir com chances de classificação
Imagem
Corinthians liga alerta diante de maratona e bronca de António Oliveira
O Corinthians de António Oliveira engatou uma sequência de três jogos de invencibilidade ao empatar com o Fortaleza por 0 a 0, no sábado (4), na Neo Química Arena, pelo Campeonato Brasileiro, mas o técnico português ligou o sinal de alerta para fatores qu
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade