Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução
Continua depois da publicidade
Imbróglio...

FA acusa zagueiro Demichelis de infringir regras ligadas a apostas

Agência Estado
30 mar 2016 às 14:12
Continua depois da publicidade

A Associação de Futebol da Inglaterra (FA) anunciou nesta quarta-feira que acusou formalmente o zagueiro Martin Demichelis, do Manchester City, de infringir as regras da entidade ligadas a apostas. De acordo com comunicado divulgado pela FA, o argentino teria cometido as infrações no início deste ano.

Continua depois da publicidade

A entidade inglesa informou que Demichelis está sendo acusado de "cometer 12 infrações da regra E8 da FA relacionada a apostas em partidas de futebol entre os dias 22 de janeiro e 28 de janeiro de 2016". De acordo com este artigo do regulamento, os jogadores são proibidos de "apostar, direta ou indiretamente, ou instruir, permitir, causar ou autorizar qualquer pessoa a apostar" em resultados da modalidade ao redor do mundo.


O regulamento da FA também explica que os jogadores não podem causar ou autorizar a aposta em qualquer assunto ligado ao futebol, seja na transferência de jogadores, emprego de técnicos, escalações de equipes ou decisões disciplinares. A entidade, no entanto, não especificou em qual ou quais destes casos se enquadra a infração de Demichelis.


Na Inglaterra, há inclusive a suspeita de que Demichelis tenha apostado em partidas do próprio City. Durante o período citado pela FA, o time inglês empatou por 2 a 2 com o West Ham pelo Campeonato Ingles no dia 23 de janeiro e derrotou o Everton por 3 a 1 na Copa da Liga Inglesa, quatro dias depois. O zagueiro argentino atuou em todos os minutos das duas partidas.

Somente a partir de 2014 a FA decidiu punir os jogadores que estivessem ligados a qualquer tipo de aposta relacionada ao futebol. Até então, somente atletas, técnicos e dirigentes que fossem flagrados apostando em partidas de competições que envolvessem seus próprios clubes eram punidos.


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade