Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Eurocopa

França perde, mas avança junto com a Inglaterra

Agência Estado
19 jun 2012 às 17:55
Publicidade
Publicidade

A França deve agradecer à tradicional rival Inglaterra pela classificação às quartas de final da Eurocopa. Nesta terça-feira, em Kiev, os franceses perderam por 2 a 0 para a Suécia, mas passaram de fase porque os ingleses venceram a Ucrânia por 1 a 0, em Donetsk, e eliminaram os donos da casa, também avançando às quartas.

Desta forma, o Grupo D chegou ao fim com a liderança da Inglaterra, que somou sete pontos. Os franceses avançaram com o segundo lugar e quatro pontos. A Ucrânia e a Suécia somaram três pontos cada uma e acabaram eliminadas. Assim, as duas anfitriãs já deram adeus à Eurocopa - a Polônia não avançou no Grupo A.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Na próxima fase, dois clássicos. No sábado, a França joga contra a Espanha em Donetsk. Depois, no domingo, em Kiev, a Inglaterra enfrenta a Itália. O vencedor do primeiro jogo enfrenta República Checa ou Portugal. Já o do segundo pega quem passar do confronto entre Alemanha e Grécia.

Leia mais:

Imagem de destaque
São Paulo

Zubeldía perde laterais e deve acionar 'extremos' em Brasília

Imagem de destaque
Aposentado

Ex-Flamengo, Diego brinca sobre vida de 'pai de jogador'

Imagem de destaque
Campeonato Brasileiro

Londrina EC vai em busca da reabilitação no estádio do Café

Imagem de destaque
Em entrevista

Casares diz que dupla do São Paulo estava na mira da seleção de Dorival


Em Donetsk, Rooney fez seu primeiro jogo na Eurocopa - ele cumpriu suspensão nas duas primeiras rodadas. Na etapa inicial, o atacante do Manchester United mostrou falta de ritmo de jogo e perdeu um gol claro na pequena área. Mas ele acabou favorecido por um erro do goleiro Pyatov aos 3 minutos do segundo tempo. Gerrard fez bela jogada na direita e cruzou na área. A bola desviou num defensor, passou pelo goleiro e chegou livre para Rooney, já em cima da linha, mandar para o fundo das redes.


O rumo da partida, porém, poderia ter sido outro se não fosse um erro do árbitro húngaro Viktor Kassai e, principalmente, dos seus assistentes. Apesar de um auxiliar ficar ao lado do gol, na linha de fundo, ninguém viu que o chute de Devic, aos 17 minutos do segundo tempo, cruzou a linha do gol e, só depois, Terry cortou. Seria o empate da Ucrânia.

Já em Kiev a França viu sua invencibilidade de 23 jogos sem perder chegar ao fim diante da eliminada Suécia. O primeiro gol do jogo, aos 8 minutos do segundo tempo, foi um dos mais bonitos da Eurocopa até aqui: Ibrahimovic, de voleio. Depois, já nos acréscimos, Larson fez o terceiro.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade