Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Após polêmicas

Kléber espera por vaias no reencontro com o Palmeiras

Agência Estado
20 jun 2012 às 22:03
Publicidade
Publicidade

O atacante Kléber não quis saber de polêmicas na véspera do seu reencontro com a torcida do Palmeiras. Ciente de que o torcedor alviverde não digeriu muito bem a sua conturbada saída do clube, no ano passado, ele já espera por vaias na Arena Barueri.

"Sei que vou ser vaiado mais do que o restante do Grêmio. Comigo será bem maior a revolta. Mas isso não importa, não esperava ser aplaudido. Estamos numa batalha", afirmou o atacante, nesta quarta-feira, véspera do jogo da volta válido pela semifinal da Copa do Brasil.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


Cauteloso, Kléber também não quis atacar Felipão, responsável direto por sua saída do Palmeiras. Ele, inclusive, afirmou que aceitaria voltar a trabalhar com o treinador. "Não tenho problema com ninguém. Respeito o Palmeiras, tenho amigos lá. Trabalhar com o Felipão? Só se ele viesse para o Grêmio. Daqui não saio mais. Gosto de ficar onde sou bem tratado".

Leia mais:

Imagem de destaque
Entenda

Por que o Flamengo pensa em ter um clube na Europa e tem Portugal como alvo

Imagem de destaque
Confusão

Caos na Copa América gera pressão da Fifa em Miami sobre Mundial de Clubes

Imagem de destaque
Veja os gols:

Corinthians sai da lona e vê herói da noite ir de Rocky Balboa a falastrão

Imagem de destaque
Confira imagens:

Neymar se reapresenta sozinho no Al-Hilal enquanto time está na Europa

O zagueiro Werley e o meia Souza, que tinham a escalação em dúvida por causa de contusões, treinaram nesta quarta e devem ser escalados. Com isso, o time gaúcho deve dispensar o esquema com três atacantes e voltar ao 4-4-2. "A gente não tem nada a perder. Vamos tentar nos impor, é claro, mas é preciso saber a hora", disse Kléber.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade