Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
O retorno

Muricy Ramalho é o mais cotado para assumir o São Paulo

Agência Estado
06 jul 2013 às 09:00
Publicidade
Publicidade

Quatro anos e seis técnicos depois, o São Paulo está perto de voltar a ter Muricy Ramalho no comando do time. O passo mais recente para isso foi dado na sexta, quando Ney Franco foi oficialmente desligado do cargo e, logo depois, todos os dirigentes foram unânimes ao afirmar que o ex-treinador do Santos é um nome forte a se pensar.

Até sexta-feira, Muricy não havia sido procurado pela diretoria do São Paulo. Um eventual convite para retornar, no entanto, seria bem-vindo. É o que garantem pessoas próximas ao treinador ouvidas pela reportagem do Estado. O ex-técnico do Santos viajou para o interior do estado, onde passará quatro dias com a família, e tudo indica que voltará na terça-feira para acertar sua volta. O dia é o mesmo considerado pelo diretor de futebol, Adalberto Baptista, como prazo para anunciar o novo técnico.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Embora tenha tido problemas médicos no final do ano passado, quando chegou a ser internado com diverticulite, Muricy considera que o mês que ficou parado após a demissão do Santos já foi um período mais do que suficiente de descanso. Quer voltar a trabalhar. Recebeu propostas do exterior, mas a mulher, Roseli, descartou voltar a viver fora do País principalmente por causa dos filhos. Recentemente, o casal viajou para os Estados Unidos em um período de férias e chegou à conclusão de que eles querem continuar vivendo no Brasil.

Leia mais:

Imagem de destaque
Diferença na administração

Cássio vê Cruzeiro 'mais organizado' que Corinthians e elogia SAFs

Imagem de destaque
Reforços

Dudu e Felipe Anderson são o copo meio cheio da lesão de Estêvão no Palmeiras

Imagem de destaque
São Paulo

Zubeldía perde laterais e deve acionar 'extremos' em Brasília

Imagem de destaque
Aposentado

Ex-Flamengo, Diego brinca sobre vida de 'pai de jogador'


O retorno de Muricy também resolveria uma questão política. O São Paulo tem eleições marcadas para abril do ano que vem e a atual diretoria não quer correr riscos de escolher alguém que não seja aprovado pela torcida e grande parte dos diretores.


O nome de Muricy vem sendo pedido com insistência pelos torcedores, desde a derrota para o Goiás, antes da Copa das Confederações.

E ele também gosta da ideia. Recentemente comentou em entrevista que acertaria rapidamente com o São Paulo caso a proposta surgisse. Em entrevista ontem à Rádio Estadão o presidente Juvenal Juvêncio disse que Muricy é um nome a se pensar e descartou a possibilidade de contratar Vanderlei Luxemburgo. Também existe a opção de Paulo Autuori, técnico campeão da Libertadores e do Mundial em 2005, que está no Vasco.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade