Pesquisar

Canais

Serviços

Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Libertadores

Palmeiras utiliza contra Atlético-MG fama de azarão que carregou contra River

21 set 2021 às 12:30
Continua depois da publicidade

Nos grandes decisões, técnicos e jogadores buscam com seus discursos influenciar de alguma forma as partidas nos dias prévios aos confrontos. Abel Ferreira sabe bem disso e tem sido enfático ao falar sobre o duelo entre Palmeiras e Atlético-MG pela semifinal da Copa Libertadores. "Não tenho dúvida de que nosso adversário é favorito."

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Pelo menos nas palavras, o treinador tem usado a mesma tática que ajudou os palmeirenses a superarem o River Plate (ARG) nesta mesma fase do torneio, na edição passada, quando a equipe paulista aliviou sua própria pressão colocando os argentinos como o clube a ser batido.

Continua depois da publicidade


Naquela ocasião deu certo, embora com um susto no jogo de volta -depois de ganhar por 3 a 0 na Argentina, o time alviverde perdeu em casa por 2 a 0. Desta vez, a primeira partida será no Allianz Parque, nesta terça-feira (21), às 21h30. O SBT e a Conmebol TV vão exibir o confronto. A volta está marcada para 28 de setembro, no Mineirão.


Ferreira apoia a sua tese em dois argumentos. O primeiro são os investimentos recentes feitos pelo Atlético-MG, que permitiram ao clube trazer jogadores como os atacantes Hulk e Diego Costa, além do meia Nacho Fernández.

Continua depois da publicidade


"Nós temos as nossas ambições, mas acho que ninguém tem dúvida de que o nosso adversário é favorito, por tudo. Pelo que investiu, pelo que gastou, por continuar a gastar. Nós vamos com nossa humildade e com o feijão com arroz", afirmou o português, atual campeão continental e que ganhou o meio-campista Dudu, de volta ao clube.


O segundo argumento do técnico é o momento atual. Os rivais lideram o Campeonato Brasileiro com vantagem de sete pontos para o segundo colocado, no caso o próprio Palmeiras (45 a 38). Além disso, não perdem há dez partidas, com oito vitórias e dois empates –em seus últimos dez compromissos, a equipe paulista venceu quatro, perdeu quatro e empatou dois.


Cuca está ciente dessa diferença, mas já percebeu a tática do rival. "Não adianta dizer 'Vocês são os favoritos para isso ou aquilo'. Você está competindo contra o Flamengo, contra o Palmeiras, com grandes equipes no Campeonato Brasileiro", rebateu.


Fato é que ambos concordam em ao menos uma coisa: fazer segredo em relação a suas escalações. Os dois não confirmaram com antecedência os times que vão mandar a campo nesta terça.


O treinador do Palmeiras, contudo, terá ao menos um retorno. O meia Zé Rafael cumpriu suspensão na última rodada do Brasileiro e volta a ficar à disposição.


Na outra semifinal, o Flamengo encara o Barcelona de Guayaquil (EQU), na quarta-feira (22), às 21h30, no Maracanã. O duelo de volta está marcado para o dia 29, no Estádio Monumental, no Equador.


Ficha técnica


PALMEIRAS

Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Luan e Piquerez; Danilo e Zé Rafael; Wesley, Raphael Veiga e Dudu; Luiz Adriano. T.: Abel Ferreira

ATLÉTICO-MG

Everson; Mariano, Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair, Matías Zaracho e Nacho Fernández; Hulk e Diego Costa. T.: Cuca


Estádio: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Patrício Loustau (ARG)

VAR: Mauro Vigliano (ARG)

Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo