Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Com foco na Série C

Londrina EC reformula elenco com saída de jogadores ligados à SM Sports

Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
22 mar 2024 às 10:30
- Ricardo Chicarelli/LEC
Publicidade
Publicidade

O objetivo do Londrina de se afastar cada vez mais da ex-parceira do futebol chega também agora ao elenco profissional. 


Depois de liberar vários jogadores e funcionários da base e do departamento de futebol ligados a SM Sports, o clube começa a abrir mão de alguns atletas que possuem vínculos com o ex-gestor Sérgio Malucelli.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O LEC não confirma as saídas, mas a reformulação do elenco alviceleste pensando na Série C já começou. Do grupo que disputou o Campeonato Paranaense, cinco já foram liberados. O goleiro Yvan, o zagueiro Samuel Oti, o lateral Lauan, o meia Jonas e o atacante Cirilo. 

Leia mais:

Imagem de destaque
Ê, Brasil

Mulheres ainda temem ir a estádios de futebol e cobram maior segurança

Imagem de destaque
Outros esportes

Copa América nos EUA aproxima jogadores da seleção do universo de NFL e NBA

Imagem de destaque

'Pelo Palmeiras, está vendido', diz Leila Pereira sobre Dudu

Imagem de destaque
Abre dia 10

O que o Corinthians planeja fazer antes da janela de transferências


Todos têm vínculos com a SM Sports, que possui 70% dos direitos econômicos dos atletas. Os outros 30% pertencem ao Londrina.

Publicidade


Destes jogadores, quem teve mais oportunidades no Estadual foi o lateral-esquerdo Lauan, que participou de cinco jogos. Jonas atuou em três, mas nenhum como titular. Em contato com a FOLHA, o empresário Sérgio Malucelli confirmou que solicitou a liberação do volante Victor Hugo. 


"O Londrina tem até segunda-feira para liberar o atleta. Ele foi pouco aproveitado e prefiro que ele venha para o Cascavel para ter mais chances de jogar", frisou. 

Publicidade


Malucelli tem apoiado o FC Cascavel, que vai jogar a Série D do Brasileiro. O empresário ressaltou que a liberação dos outros cinco atletas foi uma decisão do LEC e que não houve pedido da sua parte para a saída dos atletas e que eles não vão integrar o elenco do Cascavel.


Sobre o atacante Peu e o goleiro Neneca, que foram titulares no Paranaense, Malucelli afirmou que ainda não solicitou a saída dos jogadores, mas reconheceu que eles não devem continuar. 


"Pela forma que eles estão trabalhando, não vão querer ninguém ligado à SM no Londrina, então acredito ser questão de tempo para os dois saírem também. Diante disso podemos pedir a liberação deles mais para frente." 


Leia a reportagem completa na FOLHA DE LONDRINA:


Imagem
LEC reformula elenco com saída de jogadores ligados à SM
Seis atletas que jogaram o Paranaense e que pertencem ao gestor Sérgio Malucelli estão de saída e outros podem ser desligados
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade