Pesquisar

Canais

Serviços

Roland Garros

Federer se consagra no saibro histórico de Paris

Agência Estado
07 jun 2009 às 18:00
- Divulgação ATP Tour
Publicidade
Publicidade

Após uma espera de quatro anos, o suíço Roger Federer finalmente se consagrou campeão de Roland Garros e alcançou o recorde de 14 títulos de torneios de Grand Slam, igualando a marca do norte-americano Pete Sampras. Neste domingo (07), ele derrotou o sueco Robin Soderling por 3 sets a 0, com parciais de 6/1, 7/6 e 6/4.

Considerado por alguns o melhor tenista de todos os tempos, Federer, de 27 anos, conquistou o único grande título que ainda não tinha na carreira. Ele foi vice-campeão em Roland Garros nos últimos três anos - derrotado pelo espanhol Rafael Nadal, número 1 do mundo, nas três ocasiões.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O suíço, atual número dois do ranking da ATP, também se tornou um dos seis tenistas a vencer todos os torneios de Grand Slam do circuito. Além dele, apenas Fred Perry, Donald Budge, Rod Laver, Roy Emerson e Andre Agassi venceram os maiores torneios do circuito.

Leia mais:

Imagem de destaque
Paracanoagem

Londrinense ganha prata no Mundial e garante vaga nos Jogos Paralímpicos de Paris

Imagem de destaque
Esporte e Solidariedade

Londrina Futsal Feminino joga nesta sexta (10) e faz arrecadações para o Rio Grande do Sul

Imagem de destaque
Desafios da maternidade

Mães Olímpicas: atletas contam como conciliam filhos e carreira

Imagem de destaque
Em 12 de maio

Londrina vai receber o maior evento de fisiculturismo do mundo; veja como participar


A conquista de Roland Garros deixou Federer empatado com Sampras como maior vencedor de Grand Slam da história do tênis. O suíço, porém, obteve a marca após disputar 40 competições, enquanto o norte-americano precisou de 52 torneios.

Publicidade


Aos 27 anos e exibindo boa forma, Federer tem grandes chances de superar Sampras - que nunca venceu em Roland Garros. O suíço é um dos favoritos ao título de Wimbledon, que começará no dia 22 deste mês, e do US Open, último Grand Slam do ano, no final de agosto.


A marca deste domingo ainda consagrou a capacidade do suíço no saibro. Tido como um tenista de piso rápido, Federer alcançou a sua 12ª vitória seguida na terra batida neste ano - também foi campeão do Masters 1000 de Madri.

Publicidade


E esse bom desempenho no saibro ficou evidente neste domingo. Apoiado pela maior parte da torcida, Federer aproveitou o nervosismo de Soderling, de 24 anos, e começou o jogo com uma quebra logo no primeiro game. O sueco, 25.º do ranking, tinha problemas para confirmar o serviço e acabou levando 4 a 0. Com mais uma quebra, o suíço fechou a parcial em 6/1.


No início do segundo set, um fato inusitado interrompeu a partida. Vestindo uma camiseta vermelha, um torcedor invadiu a quadra e tentou colocar um chapéu de mesma cor em Federer. O suíço se desvencilhou do invasor, sem maiores problemas, diante da preocupação da torcida.

Publicidade


O torcedor saiu correndo pela quadra e só foi contido pelos seguranças depois de pular sobre a rede e arrancar uma breve risada do suíço. Não é a primeira vez que um torcedor invade uma quadra em torneio de Grand Slam, mas nunca antes um invasor conseguiu alcançar um dos tenistas envolvidos no jogo.


Resolvido o incidente, a partida foi reiniciada e Soderling mostrou reação. Mais confiante, o sueco voltou a exibir o bom tênis que eliminou Rafael Nadal nas oitavas de final. A parcial foi mais equilibrada, sem chances de quebra para nenhum dos tenistas. Com boas deixadinhas, Federer foi superior e fechou mais um set com um ace.

O terceiro set começou com um vacilo de Soderling, que acabou perdendo o saque logo no primeiro game. O sueco ainda teve a chance de devolver a quebra no quarto game, em seu primeiro break point no jogo, mas não aproveitou a oportunidade. Mostrando firmeza e bons saques - foram 16 aces durante a partida - Federer manteve a vantagem no placar para vencer a decisão e alcançar a consagração no Grand Slam francês.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade