Pesquisar

Canais

Serviços

Entenda

Namoro de Taylor Swift e Travis Kelce causou impacto na NFL

UOL/Folhapress
07 fev 2024 às 15:26
- Reprodução/Instagram
Publicidade
Publicidade

O namoro de Taylor Swift e Travis Kelce, jogador do Kansas City Chiefs, vem tendo um impacto na audiência e no público da NFL.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Jovem

Lewis Hamilton brinca e afasta fim de carreira na F1

Imagem de destaque
Entrevista

Bia Haddad fala sobre como engravidar e até menstruar são desafios para mulheres no tênis

Imagem de destaque
Basquete

Evento oficial da NBA entra para calendário de São Paulo

Imagem de destaque
F1

Alonso tem início mais tímido, mas vê Aston se comportando como time grande

O comissário da NFL, Roger Goodell, falou sobre o impacto positivo de Taylor Swift na audiência da NFL desde que começou a namorar Travis Kelce, no ano passado.

Publicidade


Goodell descreveu o efeito de Taylor Swift como "maravilhoso" e destacou que a presença dela fez com que o interesse pelo esporte aumentasse.


"Acho ótimo tê-la como parte disso. Isso cria um burburinho, cria outro grupo de jovens fãs, especialmente mulheres jovens, que estão interessadas em ver. 'Por que ela está indo para este jogo? Por que ela está interessada neste jogo?'", disse Roger Goodell em entrevista coletiva.

Publicidade


Goodell também elogiou a paixão de Taylor pelo futebol americano e afirmou que a presença dela é positiva para a NFL. "Além de Travis, ela é fã de futebol e acho isso ótimo para nós."


"Ter o 'Efeito Taylor Swift' também é positivo. Tanto Travis quanto Taylor são jovens maravilhosos e parecem muito felizes. Ela sabe muito sobre entretenimento e é por isso que adora o futebol americano da NFL", completou.


O time de Travis Kelce vai disputar o Super Bowl 58 contra o San Francisco 49ers no próximo domingo (11). Usher será a atração do Show do Intervalo.


Imagem
Kaká explica por que recusou convite da CBF
Kaká recebeu um convite da CBF e trabalhar com a seleção brasileira, mas preferiu não aceitar.
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade