Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução/Facebook
Absurdo

Sterling e Bellingham são alvos de insultos racistas em jogo contra Hungria

03 set 2021 às 11:12
Continua depois da publicidade
Os ingleses Raheem Sterling e Jude Bellingham foram alvos de insultos racistas por parte de torcedores da Hungria durante a partida válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Segundo o jornal 'The Telegraph', gritos de "macacos" foram disparados pelos 'Ultras' nas arquibancadas para ofender os jogadores.


Continua depois da publicidade
Autor de um dos gols da vitória por 4 a 0, Sterling chegou a receber uma 'chuva de copos' após balançar as redes e comemorar homenageando a filha de um piloto de corrida, que morreu do novo coronavírus.


Após a partida, o capitão dos comandados de Gareth Southgate, Harry Kane disse que conversaria com os companheiros para entender o que realmente aconteceu.


"Vou falar com os meninos e ver se eles ouviram alguma coisa. Teremos de reportar à Uefa conforme as regras o permitirem e, se for o caso, esperamos que eles sejam fortes", disse o atacante.


#RacismoNão


Esta não é a primeira vez que os torcedores húngaros são acusados de racismo. Na Eurocopa 2021, a Uefa puniu a federação de futebol da Hungria por conta de algumas atitudes cometidas durante algumas partidas.


Segundo o comunicado emitido, nos jogos válidos pela fase de grupos da competição, contra Portugal, França e Alemanha, os torcedores húngaros teriam cometido atos discriminatórios nas arquibancadas.


Continue lendo