Pesquisar

Canais

Serviços

- Pixabay
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Vida saudável

Dez mitos e verdades sobre a alimentação equilibrada no verão

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
04 mar 2022 às 14:00
Continua depois da publicidade

A chegada do verão traz altas temperaturas e é nessa época que as pessoas procuram redobrar a atenção aos cuidados com a alimentação. O calor dos primeiros meses do ano pode inibir o apetite, por isso, montar uma refeição saudável que ajude na proteção do corpo é fundamental.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Uma dieta nutritiva e equilibrada, além de melhorar o físico, também ajuda a manter a imunidade do sistema imunológico alta em tempos de covid-19. A nutricionista da Sodexo On-site Brasil, Vanessa Leite da algumas dicas sobre o assunto.

Continua depois da publicidade


De acordo com a especialista, com alguns “vilões” da dieta sendo consumidos em menor escala ou até mesmo retirados da dieta diária, já traria grandes benefícios à saúde do corpo. “Há quatro grandes vilões da dieta que no dia a dia nem percebemos ou usamos como forma de compensação, que é o açúcar, comidas industrializadas, álcool e embutidos”.

 

A nutricionista também fala que um prato equilibrado é composto 50% por vegetais crus e cozidos, 25% de proteínas, como carnes, peixes, ovos, entre outros, e 25% de carboidratos, de preferência integrais. Hoje em dia temos muitos mitos sobre alimentação e a profissional nos ajuda contando o que é verdade e o que não é:

Continua depois da publicidade

 

1 – O famoso suco verde detox, funciona mesmo?


Verdade. Importante ter neste suco uma fruta com bastante vitamina C como limão ou acerola. Uma verdura com bastante ferro, como couve ou espinafre. A vitamina C e o ferro se complementam e ajudam a potencializar os benefícios ao corpo que cada um proporciona. Uma dica de ouro é acrescentar gengibre e cúrcuma que são dois anti-inflamatórios poderosos que também podem ajudar o processo natural do corpo de desintoxicação.


2 – Comer apenas frutas, verduras e legumes é um caminho certo para uma dieta balanceada? 

 

Mito. Só comer determinados alimentos, ainda que saudáveis e naturais, é algo muito restritivo. Você não vai ingerir a quantidade de proteína necessária, por exemplo, e vai perder massa muscular para proteção geral do organismo. Não é isso que a gente quer. Além do mais, boa parte das frutas tem frutose em excesso e carboidrato. Isso tudo é açúcar. Você pode ter picos de glicemia e insulina, trazendo muitas complicações a longo prazo como diabetes. Uma dica é associar uma fruta com proteína boa como o mamão com ovo ou uma fonte de gordura boa, fruta com pasta de amendoim e mix de castanhas.

3 – Reduzir o consumo de glúten ajuda no processo de desintoxicação?


Verdade. Reduzir farinha branca ajuda o organismo a trabalhar melhor. Mas vale a atenção. Não adianta sair comprando produtos sem glúten no mercado, mas sem olhar para o rótulo. Porque muitas vezes esses alimentos tem gordura vegetal, corantes e outros aditivos químicos que podem prejudicar a dieta. E não indicamos também a restrição total. É uma redução.


4 – Jejum intermitente é bom mesmo para saúde?


Mito: Para evitar um possível desequilíbrio na alimentação, é recomendado evitar longos períodos em jejum. Uma dica é fazer um lanche saudável, como um snack de castanhas caramelizadas com açúcar de coco, antes de sair de casa, pois dá energia e ajuda nas escolhas e no consumo moderado dos alimentos ao longo do dia.

5 – Ingerir chás pode ajudar a desintoxicar e não reter líquidos?


Verdade. Alguns chás como o de abacaxi, de hibisco e o verde podem ajudar na retenção de líquidos, hidratando o corpo. Mas é preciso cuidado e orientação específica, porque se a pessoa tem pressão alta ou baixa, alguns chás podem atuar de forma negativa. Não é qualquer pessoa que pode tomar qualquer tipo de chá. O exagero, mesmo que de chá, também não é recomendado.

6 – Faça uma dieta líquida e você vai desintoxicar. Isso é verdade?


Mito. A dieta que troca refeições por líquidos não funciona, não é válida, ela é restrita de nutrientes e no verão pode ser perigosíssima! O paciente pode até perder peso, mas isso vai voltar com o tempo, pois não é uma constância sustentável. Além disso, essa restrição, em dias quentes principalmente, faz perder muita massa muscular e imunidade, podendo levar o corpo a um colapso.

7 – Fazer um café da manhã completo ajuda no processo da detox?


Verdade. Café da manhã é uma refeição super importante, e é preciso fazer boas escolhas. Um suco do tipo detox acompanhado de ovos mexidos e uma fruta é excelente para o organismo. Só cuidado com o exagero na quantidade. E se conseguir trocar o pãozinho por um mix de castanhas será nota dez. Começar o dia dessa forma traz bastante saciedade para o resto da jornada e inibe a vontade de beliscar e cair em tentações ou erros.

8 – Tirar os derivados do leite sempre ajuda no melhor funcionamento do organismo?


Mito. Tomar iogurte vai ajudar na manutenção da flora intestinal, por exemplo. E o intestino funcionando bem é fundamental para absorver os nutrientes que estamos ingerindo e também para eliminar o que consumimos e nos intoxicou. Importante: o iogurte deve ser natural. Se puder fazer o iogurte em casa fica excelente!

9 – Alho cru fornece mais benefícios ao organismo.

Verdade. O alho é um alimento excelente quando falamos neste assunto de fortalecer o organismo, que é um dos objetivos da limpeza que nosso corpo realiza. O alho é imunomodulador, ou seja, ele modula a imunidade do corpo. Dica:  coloque alho cru no fundo de uma garrafa de azeite antes de usá-lo. E para quem gosta do insumo e tem coragem, tome um shot com alho cru batidinho com limão. Além disso, ele refogado, com pouca gordura, ou assado também pode ser usado sem medo!


10 – Só a bebida alcoólica já ajuda a refrescar no verão?


Mito. Sabemos que todos adoram um bom drink ou cerveja, mas precisamos ter muito cuidado, pois o álcool acelera o processo de intoxicação do organismo e a perda de líquidos. Nos dias quentes ocorre maior perda de líquidos e minerais, devido ao aumento da temperatura corporal e transpiração excessiva. Por isso, nesse período, a ingestão de bastante água e outras bebidas não alcoólicas, como sucos naturais com as frutas da época, é essencial.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade