Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Aprendizado

As vantagens do líder que também é professor

Equipe Caput
22 jun 2016 às 08:41
Continua depois da publicidade

O papel dos líderes, enquanto gestores de pessoas, se aproxima muito dos educadores. Eles têm responsabilidade pelo desenvolvimento dos membros da equipe, precisam ensinar e instruir os seus liderados, vender ideias inovadoras, motivar. Você já parou pra pensar que todas essas tarefas seriam mais fáceis de serem cumpridas no dia a dia de trabalho caso os líderes da sua empresa fossem, também, professores?

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Leia mais sobre o assunto Liderança no blog da Caput.

Continua depois da publicidade


Pode parecer pedir demais, mas gestores que dedicam algumas horas da semana para ministrar aulas em universidades ou cursos técnicos, sobre temas da sua área de especialidade, com certeza acumulam muito mais conhecimento e experiência. Outro ponto positivo é que, ao verbalizar para os alunos o que é certo ou errado na gerência de uma companhia ou no trato com pessoas, esses líderes se veem obrigados a dar o exemplo, ou seja, serem coerentes com o que dizem e praticam.


Isso sem contar que a sala de aula é um "mundo à parte". O profissional que consegue captar a atenção dos estudantes, se faz respeitar e é ouvido por eles, geralmente também tem tudo para liderar bem uma equipe de trabalho. Em um ambiente escolar existem pessoas dos mais diferentes perfis: aquelas fáceis de conduzir, outras que se desmotivam facilmente e algumas que adoram provocar conflitos por qualquer coisa. Consequentemente, o educador é testado a toda hora pelos estudantes.


Além de desenvolver a habilidade e a sensibilidade necessárias para lidar com pessoas, o líder que é professor também se obriga a se atualizar o tempo todo, ler aquilo de novo que é lançado no mercado e procurar respostas para os problemas ou dúvidas levantadas pelos alunos. Muitos executivos resolvem dar aulas justamente para isso: criar uma disciplina nos estudos e não parar no tempo. Eles sabem que o desafio de ensinar outras pessoas estimula seu potencial e motivação.

Continua depois da publicidade


Claro que transformar os líderes da empresa em professores não vai resolver todos os problemas do seu negócio. Também não quer dizer que eles se tornarão, obrigatoriamente, profissionais melhores. Porém, ficará muito claro para você que, aqueles que aceitarem o desafio e depois se descobrirem incapazes de "dominar" uma sala de aula, possivelmente não são habilidosos o suficiente para liderar equipes ou projetos dentro da sua companhia.


Convém destacar que o papel das empresas não é obrigar que seus gestores sejam também professores, mas sim incentivá-los a buscar mais esse desafio para o próprio desenvolvimento humano e profissional. O líder, afinal, cumpre a função de educador dentro das organizações e a pessoa que não souber desempenhar bem esse papel dentro de casa ou numa sala de aula, por exemplo, dificilmente o fará no ambiente de trabalho quando ocupar um papel de liderança.

Quantos líderes da sua companhia também são professores?


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade