Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Para se inspirar

Conheça as lições de liderança de três grandes campeões do esporte

Equipe Caput
20 jul 2016 às 10:12
Continua depois da publicidade

Os profissionais do mundo corporativo têm muito a aprender com grandes líderes do esporte, afinal os problemas enfrentados no dia a dia da rotina empresarial não são muito diferentes daqueles que grandes atletas ou técnicos precisam lidar ao se prepararem para competições.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Leia mais sobre o assunto Liderança no blog da Caput.

Continua depois da publicidade


Para inspirar os profissionais da sua empresa, reunimos as lições de liderança de três grandes campeões do esporte. Claro que existem inúmeros exemplos mundo afora, mas para não nos estendermos muito, escolhemos falar um pouquinho da trajetória bem-sucedida de profissionais do vôlei, basquete e futebol. Respectivamente, da atuação do brasileiro Bernardinho, do norte-americano Kobe Bryant, e do argentino Diego Simeone.



Bernardinho

Continua depois da publicidade


Bernardo Rocha Rezende, o Bernardinho, começou sua trajetória no voleibol como jogador, mas foi como treinador que se tornou o maior campeão da história da modalidade. Durante cerca de 20 anos de carreira, dirigindo as seleções feminina e atualmente a masculina de vôlei, o técnico já acumula mais de 30 títulos importantes, entre eles cinco medalhas olímpicas consecutivas.


Lições: Bernardinho conhece muito bem os atletas da sua equipe e traça estratégias específicas para alavancar o potencial de cada jogador. Contudo, valoriza muito mais o trabalho coletivo do que os talentos individuais, pois "uma equipe unida é muito mais potente do que uma formada por estrelas que competem entre si", como ele mesmo diz. O técnico ainda entende que sucesso não é vencer sempre, mas se superar e dar sempre o melhor de si. Por último, Bernardinho ensina que, para ser um bom líder, é preciso dar o exemplo. Se quer mais dedicação dos jogadores, então o técnico também precisa trabalhar mais.



Kobe Bryant


Kobe Bean Bryant é conhecido como um dos maiores jogadores de basquetebol de todos os tempos e um dos mais valiosos da liga norte-americana. Estreou na NBA – onde conquistou 5 títulos – aos 18 anos e jogou 20 temporadas com o Los Angeles Lakers, o maior número da história para um mesmo jogador em um só time. Aposentou-se deixando um grande legado para a modalidade.


Lições: Recordista não apenas no esporte, mas também no mundo dos negócios, uma das grandes lições de Bryant foi a sua humildade para lidar com o sucesso. Durante toda a carreira, o jogador soube valorizar cada derrota como uma maneira de aprender. Bom negociador, por meio de acordos e parcerias bem-sucedidas, tornou-se um dos jogadores mais bem pagos do mundo dos esportes. Aprendeu a jogar com os melhores mestres e soube tirar proveito disso. Sempre esteve focado e comprometido com o basquete, e por isso, conquistou o respeito de grandes lendas do esporte. Embalado pelo desejo de vencer e dar o seu melhor, sempre conseguiu demonstrar equilíbrio e espírito de equipe.



Diego Simeone


O argentino Diego Pablo Simeone González é ex-jogador de futebol e hoje atua como treinador. Estreou a carreira como técnico de times argentinos, porém foi no comando do espanhol Atlético de Madrid que conquistou projeção mundial. Em cinco anos, o treinador fez o clube voltar a desafiar os gigantes da Espanha e da Europa, conquistando títulos nacionais e dois vice-campeonatos da Liga dos Campeões.


Lições: Assim como Bernardinho, Simeone acredita que um dos grandes segredos para ter sucesso como líder é conhecer muito bem a própria equipe, mas também a história do time que lidera. Para motivar os jogadores, o argentino costuma usar o próprio carisma, o poder de convencimento e boas histórias de superação. E, claro, sabe usar as palavras certas no momento certo. Valoriza a eficácia e não o "jogo bonito". Para ele, melhor que fazer um belo jogo, é conseguir resultados, o que, no caso do futebol, significa vitórias.


Deu para se inspirar? Que tal estudar um pouco mais e aproveitar o "gancho" das Olimpíadas no Brasil para discutir a trajetória destes e outros grandes líderes do esporte com os gestores da sua empresa? É uma forma de motivá-los a querer ser cada vez melhores no que fazem e trabalhar para deixar um legado aos seus subordinados.


Fontes de pesquisa: Forbes, Globo.com, Wikipedia, Endeavor.

Quais outros líderes esportivos te inspiram? Por que?


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade