Pesquisar

Canais

Serviços

O programa de trainee é uma excelente estratégia para ter um bom banco de líderes - Divulgação
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Liderança

Por que os programas de trainee aceleram a formação de líderes?

Equipe Caput
15 abr 2016 às 11:31
Continua depois da publicidade

Os programas de trainee em grandes empresas costumam ser a porta de entrada para os futuros executivos. E as vantagens de investir na formação técnica e comportamental de jovens recém-graduados são muitas. Isso porque nesse tipo de treinamento ocorre a aceleração do aprendizado.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Leia mais sobre o assunto Liderança no blog da Caput

Continua depois da publicidade


Como o trainee tem a oportunidade de experimentar e conhecer todas as áreas da empresa, e é constantemente desafiado e avaliado, acaba se desenvolvendo em um tempo muito mais curto do que outros funcionários, que demorariam mais para viver situações tão distintas numa trilha de carreira comum. Por isso, os trainees têm mais chances de ocupar um cargo de gestão num futuro próximo.


Agora que você já sabe por que os programas de trainee aceleram o processo de formação de líderes, é hora de descobrir como ter sucesso nesse tipo de iniciativa. Separamos algumas dicas para você não errar aí na sua empresa, confira:


– Forme um grupo de trabalho. A primeira tarefa é criar um comitê executivo que vai ficar responsável pelo programa e estará totalmente comprometido com o sucesso dele. Ou seja, você precisa escolher pessoas que tenham disposição para dedicar parte do seu tempo ao desenvolvimento de outras, que podem chegar longe, mas ainda precisam crescer muito.

Continua depois da publicidade


– Selecione pessoas realmente talentosas. Um bom recrutamento é essencial para o sucesso de um programa de trainee. Não basta apenas ter alto potencial. O candidato escolhido precisa ter um perfil de liderança porque, possivelmente, dois anos após o treinamento, terá o desafio de cuidar de uma unidade da empresa. Quem não gosta de ser avaliado o tempo todo, nem "aprender na dor", não vai aguentar as "pancadas" do processo.


– Estabeleça "padrinhos" para cada trainee. Os participantes precisarão ter mentores com quem possam compartilhar suas angústias, dificuldades, sucessos e fracassos momentâneos. Esse "apadrinhamento" é importante em todo processo de formação de líderes dentro das empresas.


– Estimule o desenvolvimento de habilidades sociais. Conhecimento técnico, iniciativa e capacidade de inovação são características indispensáveis aos trainees. Porém, é preciso incentivar o desenvolvimento de habilidades sociais e valorizar a humildade. Determinados participantes podem ser vistos como "estrelinhas" dentro da empresa e começarem a agir como tal. Mas, se isso ocorrer, eles não serão mais vistos como profissionais de altíssimo potencial e começarão a ser "fritados" por outros funcionários.


– Ofereça perspectivas de futuro. Pouco adianta fazer um programa de trainee e não oferecer perspectiva de futuro aos participantes. Se eles perceberem que não terão oportunidades dentro da organização, você apenas os terá treinado para o mercado.


Lembre-se que o programa de trainee é uma excelente estratégia para ter um bom banco de líderes no futuro, mas é importante selecionar os candidatos certos, saber para onde conduzi-los e ter lideranças dedicando tempo ao desenvolvimento desses jovens.


Se isso não ocorrer, seus trainees vão virar "office-boys de luxo" dentro da empresa, porque não terão tarefas de alta complexidade e ficarão presos à rotina de trabalho. Resultado: dinheiro desperdiçado e frustração entre os participantes.

Que tal tirar do papel um programa de trainee para a sua empresa?


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade