Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Desafio

Revelamos os 7 segredos das maiores fábricas de líderes

Equipe Caput
28 abr 2016 às 14:55
Continua depois da publicidade

Você já deve ter lido sobre a importância de transformar a sua empresa em uma "fábrica de líderes". Nunca é demais lembrar também que quem investe na formação dos colaboradores internos não precisa buscar profissionais caros no mercado quando tem que preencher vagas em posições estratégicas.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Leia mais sobre o assunto Liderança no blog da Caput

Continua depois da publicidade


E para você ter sucesso no desenvolvimento de gestores de primeira viagem vamos revelar, abaixo, os 7 segredos das maiores "fábricas de líderes". Com certeza, eles vão fazer uma grande diferença no preparo e desempenho dos profissionais que hoje ocupam ou são candidatos a uma posição de liderança dentro da sua organização.


Anote aí:


Recrutamento e seleção. O trabalho começa com o mapeamento, dentre os seus colaboradores, de potenciais candidatos a uma promoção. Funcionários vistos como confiáveis e que já exercem uma liderança informal no dia a dia, por exemplo. Durante o processo seletivo, considere questões técnicas, comportamentais e de desempenho no cargo atual.

Continua depois da publicidade


Capacitação. Escolhidos os novos líderes, o próximo passo é investir na preparação deles em quatro eixos de competências: Gestão de Pessoas (como lidar com gente), Gestão do Desempenho (tudo que leva a resultados), Negócios & Estratégia (como a empresa ganha dinheiro), e Identidade Corporativa (valores e cultura organizacional). Já detalhamos cada eixo de competência aqui no blog, clique para ler o post completo.


Comprometimento dos superiores. Não se esqueça de que um novo líder torna-se medíocre se o seu gestor direto não o apoia nem dá o suporte necessário para o trabalho acontecer. Por isso, faça com que os líderes experientes se responsabilizem pelo sucesso dos novos gestores.


Recursos. A capacitação é muito importante, mas líderes novatos precisam também de apoio técnico, amparo emocional e, principalmente, recursos para desenvolver as atividades que lhes foram confiadas. Dar responsabilidade sem prover os insumos necessários para um bom trabalho só causa frustração.


Política de feedback. Os novos líderes precisam receber sua atenção durante as primeiras semanas de trabalho, pois eles têm de desenvolver habilidades até então desnecessárias na rotina anterior e passam a tomar uma série de decisões de caráter inédito, que nem sempre se revelam acertadas para a empresa num primeiro momento.


Objetivos de longo prazo. Talvez não seja prudente envolver o líder recém-promovido nas discussões sobre o planejamento estratégico da empresa, mas é fundamental que ele compreenda para onde a companhia está indo e qual será seu papel ao longo do caminho.


Blindagem. Certifique-se de proteger o seu gestor dos influenciadores negativos; caso contrário, ele poderá acabar se espelhando em colaboradores que não dão bom exemplo e se tornar ineficaz com o passar do tempo.


Desafio


Formar novos líderes é um grande desafio para as empresas. A maioria dos gestores recém-promovidos aprende a cumprir seu papel no dia a dia e muitos são imaturos para enfrentar as dificuldades típicas de quem precisa conduzir uma área, projeto ou equipe pela primeira vez.


Por isso, faça diferente! Siga o exemplo das maiores "fábrica de líderes" e transforme sua companhia num ambiente de muito aprendizado, troca de experiências e valorização de quem ainda pode dar muito mais pela empresa.


Quais são os obstáculos para você não colocar essas dicas em prática já?


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade