Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Impacto da pandemia no Brasil

Londrina participa de pesquisa nacional sobre os efeitos da Covid-19

Redação Bonde com N.Com
14 mar 2024 às 10:30
- Marcelo Camargo/Agência Brasil
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade
Londrina está entre as 133 cidades brasileiras e as seis cidades do estado do Paraná selecionadas para participar da pesquisa Epicovid 2.0. 


O estudo tem como objetivo monitorar a disseminação do coronavírus no país e avaliar o impacto da pandemia sobre a população brasileira, e é uma continuidade da pesquisa Epicovid-19, realizada em 2020 e 2021. 


Financiada pelo Ministério da Saúde, a iniciativa é coordenada pelo UFPel (Centro de Pesquisas Epidemiológicas da Universidade Federal de Pelotas). 

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A coleta de dados é feita por meio de visitas domiciliares e da aplicação de questionários realizadas pela empresa LGA Assessoria Empresarial, contratada para executar essa etapa da pesquisa.

Leia mais:

Imagem de destaque
Acidentes são comuns

Secretaria de Saúde alerta para riscos de queimaduras nas festas juninas

Imagem de destaque
Saiba mais

Estudo atesta eficácia de tratamento mais barato para AVC pelo SUS

Imagem de destaque
Mais investimento

Brasil registra 45% de cobertura em saúde bucal; meta é chegar a 70%

Imagem de destaque
Saiba mais

Pesquisa da UENP analisa saúde da mulher no Paraná


Além do Ministério da Saúde e da UFPel, estão diretamente envolvidas no estudo a UCPel (Universidade Católica de Pelotas), a UFCSPA (Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre), a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) e a FVG (Fundação Getúlio Vargas).

Publicidade


O trabalho foi iniciado na segunda-feira (11), e serão entrevistadas em Londrina 250 pessoas que já fizeram parte das quatro rodadas anteriores do trabalho científico, entre 2020 e 2021. 


Durante as visitas, as equipes de entrevistadores aplicam um questionário que aborda questões relacionadas aos sintomas de longa duração. Entre os temas enfocados, estão a vacinação e hesitação vacinal, doenças e agravos não-transmissíveis, doenças infecciosas, saúde mental, perda de emprego, impactos financeiros e educacionais e luto pela perda de familiares e amigos.

Publicidade


Ao todo, no Brasil, serão entrevistadas 33.250 pessoas. De acordo com o epidemiologista da UFPel, Pedro Hallal, idealizador e líder da Epicovid, a expectativa é que o período de coleta de dados dure entre 15 e 20 dias. 


“O Epicovid 2.0 é uma nova fase do estudo iniciado em 2020. Embora agora não estejamos mais sob uma pandemia grave como tivemos, o vírus continua na sociedade e seus efeitos na vida das pessoas também. Esse agora é o nosso alvo, entender o impacto da Covid-19 na vida das pessoas e das famílias brasileiras”, explica.

Publicidade


A diretora de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Londrina, Cláudia Monteiro, enfatiza a importância da participação da população na pesquisa. 


“Apesar de não ser obrigatória, a participação da população é muito importante para a gente entender a repercussão dessa doença na comunidade e termos conhecimento para desenvolver políticas públicas eficazes no futuro. Lembrando que os entrevistadores devem estar identificados e uniformizados, e eles vão oferecer um termo de consentimento para participação nessa pesquisa”, disse.

Publicidade


Com base nos resultados da Epicovid 2.0, o objetivo é que o Ministério da Saúde tenha condições de qualificar e ampliar os serviços especializados demandados por conta dos efeitos da chamada Covid longa. 


A análise completa dos dados também irá embasar artigos científicos que auxiliem a compreender o impacto da Covid-19 no Brasil.


A escolha das cidades participantes se deu por serem os maiores municípios das divisões demográficas do país, de acordo com critérios do IBGE. Junto a Londrina nessa pesquisa, estão outras cinco cidades do estado do Paraná: a capital Curitiba, Maringá, Cascavel, Ponta Grossa e Guarapuava.


Imagem
Londrina é o segundo município com máquina pública mais eficiente no Brasil, aponta ranking
Londrina é o segundo município brasileiro com a máquina pública mais eficiente. É o que apontou a pesquisa Ranking de Competitividade dos Municípios 2023, elaborada pelo CLP
Imagem
Jovem encontrada em reservatório de água foi assassinada pelo primo adolescente, diz polícia
A Polícia Civil apreendeu na tarde de terça-feira (12) um adolescente de 16 anos pela morte de Allyne Santos, 27, em Jataizinho (Região Metropolitana de Londrina).
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade