Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Programe-se

Londrina terá vacinação contra a gripe em cinco postos e na Expo no sábado

Pedro Marconi
10 abr 2024 às 15:03
- Divulgação/Prefeitura de Cambé
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Cinco UBS (Unidades Básicas de Saúde) de Londrina vão abrir neste sábado (13) para o dia D de vacinação contra a gripe, movimento que vai acontecer em todo o País para incentivar as pessoas a se protegerem. Irão funcionar das 9h às 16h os postos do Vivi Xavier (norte), Guanabara (sul), Santa Rita (oeste), Armindo Guazzi (leste) e Vila Casoni (área central). Não há necessidade de agendamento.


A imunização será direcionada para os grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde: crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes e puérperas, idosos com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, pessoas com comorbidades, adolescentes em medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema de privação de liberdade e professores do ensino básico e superior, povos indígenas e forças de segurança.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Saiba mais

Estudo atesta eficácia de tratamento mais barato para AVC pelo SUS

Imagem de destaque
Mais investimento

Brasil registra 45% de cobertura em saúde bucal; meta é chegar a 70%

Imagem de destaque
Saiba mais

Pesquisa da UENP analisa saúde da mulher no Paraná

Imagem de destaque
Plásticas

Mulheres vítimas de violência serão priorizadas em cirurgias reparadoras feitas no SUS

Também no sábado haverá vacina contra gripe no Parque de Exposições Ney Braga (onde é realizada a ExpoLondrina), das 15h às 20h. “O Hospital do Câncer, que tem um estande, nos cedeu um espaço. Vamos aproveitar o grande público e também vacinar contra a gripe, sendo exclusivamente para os grupos prioritários”, explicou o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado. “Será apenas para os moradores de Londrina. A vacina é cadastrada no sistema de forma individual e precisamos fazer o registro”, advertiu.

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade