Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
No Oriente Médio

'Cachaça' com Viagra reacende temor com segurança alimentar na China

Redação Bonde
04 ago 2015 às 14:58
- Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Fabricantes de bebidas alcoólicas adicionaram Viagra a milhares de garrafas na China, e diziam a clientes que o produto tinha qualidades especiais "benéficas à saúde", segundo autoridades responsáveis pela fiscalização de alimentos. Mais de 5,3 mil garrafas adulteradas foram apreendidas por investigadores na cidade de Liuzhou, no sul do país.

Eles também encontraram pacotes com um pó branco identificado como sendo sildenafila, substância do medicamento Viagra, usado para combater a impotência sexual masculina.
A polícia da região de Guanhxi, onde fica a cidade, está investigando dois fabricantes.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O setor responsável por fiscalizar alimentos e medicamentos em Liuzhou afirmou que a substância do Viagra havia sido misturada a três diferentes tipos de baijiu – uma espécie de cachaça bastante popular na China.

Leia mais:

Imagem de destaque
Saiba mais

Estudo atesta eficácia de tratamento mais barato para AVC pelo SUS

Imagem de destaque
Mais investimento

Brasil registra 45% de cobertura em saúde bucal; meta é chegar a 70%

Imagem de destaque
Saiba mais

Pesquisa da UENP analisa saúde da mulher no Paraná

Imagem de destaque
Plásticas

Mulheres vítimas de violência serão priorizadas em cirurgias reparadoras feitas no SUS


Segundo as autoridades, a carga apreendida vale mais de 700 mil yuans (R$ 390 mil).
Médicos recomendam que adultos que tenham prescrição para usar o Viagra tomem apenas uma dose por dia – quem tem mais de 65 anos deve ingerir uma quantidade ainda menor.

Outros casos
Problemas na área de segurança alimentar têm sido recorrentes na China.
Em junho, policiais apreenderam mais de 100 mil toneladas de carne contrabandeada em várias cidades do país – parte disso com alguns anos de idade. Em 2008, um escândalo envolvendo leite adulterado chocou o país. Cerca de 300 mil pessoas foram afetadas e ao menos seis bebês morreram após consumir leite com melamina, substância usada na fabricação de plástico.
(com informações do site BBC Brasil)


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade