Pesquisar

Canais

Serviços

Radical

Confira quais são as dez rodas-gigantes mais famosas do mundo

- Divulgação
Redação Bonde
18 fev 2016 às 08:38
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Diversão certa para os aventureiros de plantão, a roda-gigante apareceu pela primeira vez em 1620, em Plovdiv, na Bulgária. O brinquedo começou a se popularizar, contudo, em 1893, nos Estados Unidos, graças a George Washington Gale Ferris, que queria fazer uma homenagem a Cristóvão Colombo.

Continua depois da publicidade

Se você é uma dessas pessoas alucinadas pelo passeio radical, separamos 10 rodas-gigantes famosas, indicadas pela revista Veja, para te dar mais vontade de viajar:


1. Navy Píer - Chicago, Estados Unidos


Além de seu píer já ter servido de abrigo a submarinos e cargueiros da Segunda Guerra Mundial, a roda-gigante de Chicago é réplica da primeira roda-gigante do mundo, montada em 1893 para a feira World's Columbian Exposition. Não é uma réplica fiel – possui quatro gôndolas a mais, é menor (tem 46 metros de altura) e aceita menos pessoas por vez –, mas o clima e a vista majestosa estão quase iguais. Outro ponto positivo é que está dentro de um parque, então depois do passeio de sete minutos dá para continuar a diversão em outros brinquedos. Cansou deles? Ainda há museus, teatros, cinemas e passeios de barco nas redondezas.


2. Eurowheel - Ravenna, Itália

Continua depois da publicidade
Divulgação
Divulgação


Depois da London Eye, esta é a maior roda-gigante da Europa. Localizada no parque de diversões Mirabilandia, o brinquedo tem 90 metros de altura e, lá do alto, descortina a região de Emilia-Romagna, com várias praias próximas. Tem cerca de 50 mil lâmpadas, o que faz dela uma das roda-gigantes mais iluminadas do mundo. Além da roda-gigante, o parque de 850 mil metros quadrados está cheio de atrações, jardins e lagos, um programa perfeito para curtir em família.


3. Estrela de Nanchang - Nanchang, China

Divulgação
Divulgação


Com 160 metros de altura, perdeu o posto de maior do mundo para a Singapore Flyer. Possui 60 gôndolas com ar-condicionado, sistema acústico, TV de LCD e walkie-talkie. O passeio leva 30 minutos e a velocidade é tão baixa que as pessoas podem embarcar e desembarcar sem que a roda pare – ou seja, quem está lá em cima tem um tempão para tirar fotos, enquanto as que estão embaixo saem calmamente. À noite, lâmpadas azuis e vermelhas de neon mostram caracteres chineses que dizem "Nanchang dá boas vindas a você!". O visitante ainda pode enviar uma mensagem para o sistema de controles e ela aparecerá lá, contanto que tenha no máximo 12 palavras. As gôndolas também servem de relógio, fazendo da Estrela de Nanchang o maior relógio do mundo.

4. The Orlando Eye – Orlando, EUA



Novidade em Orlando, a roda gigante tem 122 metros e permite uma vista panorâmica da Florida Central. A volta, feita em cápsulas de vidro, tem duração de 20 minutos. O nome, nada original, é uma referência à London Eye.

5. London Eye - Londres, Inglaterra

Divulgação
Divulgação


Inaugurada em 1999, a roda-gigante de Londres é também conhecida como Millennium Wheel. Não é a maior do mundo (tem 135 metros de altura), mas a London Eye é uma das mais famosas e disputadas por causa da vista, a melhor panorâmica da cidade. As 32 cabines podem comportar 15 mil visitantes por dia e a volta completa dura meia hora.Fato curioso: ainda que seja um ícone londrino, muito pouco da London Eye é de fato inglês. Partes da roda vieram da Holanda, as cabines são dos Alpes Franceses e as janelas foram produzidas em Veneza!


6. High Roller – Las Vegas, Estados Unidos


Divulgação
Divulgação


Inaugurada em 2014, a High Roller é quem ocupa atualmente o posto de roda-gigante mais alta do mundo. São 167 metros de altura e 28 gôndolas. Lá de cima, a vista é típica de Las Vegas: montanhas e cassinos iluminados.

7. Singapore Flyer - Marina Centre, Cingapura

Divulgação
Divulgação


Com 165 metros de altura (o equivalente a um prédio de 42 andares), a roda-gigante de observação de Cingapura já foi a maior do mundo – hoje é uma das grandes atrações da Ásia toda. Lá do alto é possível admirar o skyline de Marina Bay e, dependendo do clima, dá para ver pedacinhos das vizinhas Malásia e Indonésia. São 28 cabines com ar-condicionado com capacidade para 28 passageiros cada e, mediante reserva, é possível jantar lá mesmo. Uma volta completa dura cerca de 30 minutos e mestres do Feng Shui convenceram os operadores a mudar a direção de sentido anti-horário para sentido horário. Lojinhas, bares e restaurantes ao seu redor também valem o passeio.


8. Tianjin Eye - Tianjin, China


Divulgação
Divulgação


Não está no top 3 de altura (tem "apenas" 120 metros), mas é famosa por ter sido construída em cima do Rio Hai – na verdade, em cima da ponte, a Ponte Yongle.A roda-gigante possui 48 cápsulas que carregam 8 passageiros cada. O passeio dura meia hora e à noite ela fica mais bonita, quando se enfeita com luzes que mudam de cor e refletem na água.

9. Big-O - Tóquio, Japão


Divulgação
Divulgação


O nome não foi dado à toa – a roda-gigante Big-O, de Tóquio, é realmente uma letra O gigante, sem estrutura central nenhuma. Ela gira graças a dois suportes semelhantes a lanças que ficam na parte de baixo, mas o espaço livre não fica vazio. O trilho da montanha-russa Thunder Dolphin passa diretamente pelo buraco, aumentando as emoções nos dois brinquedos (ela é a montanha-russa mais alta e rápida do Japão, correndo a 130km/h).


10. Pacific Park - Píer Santa Monica, Estados Unidos

Divulgação
Divulgação

O Píer Santa Monica é considerado o verdadeiro final da famosa Rota 66, o que já é legal por si só, mas ele vai além. O local é prato cheio para quem procura diversão: são 12 brinquedos, 18 barraquinhas de jogos e praça de alimentação à beira do oceano. A coloridíssima roda-gigante tem 26 metros de altura, 20 gôndolas e 160 mil lâmpadas de LED de enfeite.É um dos locais mais românticos da região de Los Angeles e a vista vale a pena – do alto dá para ver todo o litoral, a Ilha Catalina, Malibu e a Península Palos Verdes. E um ponto muito positivo: esta roda é a única do mundo a funcionar com energia solar, amiga do meio ambiente! (Fonte: Revista Veja)


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade