Pesquisar

Canais

Serviços

Clima de aventura

Dicas de roteiro e o que levar para um mochilão inesquecível pelo nordeste brasileiro

- Reprodução
Redação Bonde
26 ago 2015 às 09:29
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Quando pensamos em fazer um mochilão, normalmente os principais destinos que vêm a mente são os famosos roteiros internacionais, como Londres, Barcelona ou algum país da América do Sul, porém, nos esquecemos que existem belíssimos destinos nacionais.

Continua depois da publicidade

O Nordeste brasileiro abriga algumas das mais bonitas paisagens do mundo e é uma excelente opção para quem quer viajar sem gastar muito. A hospedagem costuma ser em conta, principalmente se o mochileiro optar por um hostel ou albergue, e as companhias aéreas constantemente anunciam promoções de passagens aéreas. Confira algumas dicas do site Viagem Livre e aproveite uma das regiões mais bonitas do Brasil!


Dicas de roteiro


Consideramos aqui uma viagem de 30 dias por dez cidades diferentes, ou seja, três dias em cada uma. Porém, a estadia pode variar de acordo com o interesse e o orçamento de cada um. Veja a lista a seguir.


1. São Luís (Maranhão)

Continua depois da publicidade


A primeira parada do roteiro é São Luís, capital do Maranhão. Depois de organizar a estadia, você deve se preparar para conhecer as principais atrações da cidade, que são os prédios históricos e as famosas atrações culturais, que levam o turista a uma viagem pelo tempo.


2. Barreirinhas (Maranhão)


Reprodução
Reprodução


A praia do Caburé possui águas turvas e calmas, que recebem a influência de rios da região
A 323 km de distância da capital maranhense está Barreirinhas, município conhecido por abrigar os Lençóis Maranhenses. As dunas de areia e os lagos que compõem a paisagem são verdadeiros tesouros naturais e atraem turistas do mundo todo.


3. Parnaíba (Piauí)


Reprodução
Reprodução


Depois de lá, a próxima parada é Parnaíba, já no Estado do Piauí. A cidade fica a 298 km de distância de Barreirinhas e possui apenas 200 mil habitantes. Entre os atrativos do local, estão as casinhas antigas e de estilo colonial, as dunas do Delta da Parnaíba, a Praia da Pedra do Sal, a Lagoa do Portinho e o Porto das Barcas.


4. Camocim (Ceará)


Reprodução
Reprodução


Já no Estado do Ceará, a próxima cidade é Camocim, a 230 km de Parnaíba. O município é pequeno, mas é cercado por areias brancas e praias de água cristalina. Para explorar a cidade, a dica é procurar um passeio de buggy e conhecer as paisagens paradisíacas.


5. Jijoca de Jericoacoara (Ceará)


Reprodução
Reprodução


A 40 km do destino anterior, Jijoca de Jericoacara é uma cidade já conhecida pelos turistas. As formações rochosas que cercam o litoral são tão belas e icônicas que estampam os cartões postais da cidade. Um dos principais atrativos do local é a prática de esportes e atividades ao ar livre, que prometem entreter os mais aventureiros.


6. Fortaleza (Ceará)


Reprodução
Reprodução


Partindo de Jericoacara, desembarcamos em nossa segunda capital do mochilão: Fortaleza, a 295 km de distância. A beleza das praias mescla o presente e o passado da região, criando um passeio temperado pela rica gastronomia local e animado pelas típicas músicas de forró. A dica é programar o roteiro para passar ao menos uma quinta-feira na cidade, pois é o dia da semana em que ocorre a famosa Noite do Caranguejo, uma festa regada a pratos que levam o crustáceo como ingrediente.


7. Canoa Quebrada (Aracati - Ceará)


Reprodução
Reprodução


A 168 km de Fortaleza está a nossa próxima parada, Aracati, ainda no Ceará. Lá, o que mais chama a atenção dos viajantes são os imponentes paredões que estão presentes na frente das praias, em especial Canoa Quebrada. Unindo o charme dos tempos antigos e o conforto das estruturas modernas, a vila de pescadores também se tornou um importante e belíssimo destino turístico.


8. Natal


Reprodução
Reprodução


Seguindo para o Rio Grande do Norte, nossa próxima parada é Natal, a 376 km de Fortaleza. Para quem tiver a oportunidade, a dica é estender a estadia na capital potiguar por pelo menos uma semana para aproveitar todos os atrativos da região. A gastronomia típica, as construções centenárias e o litoral belíssimo devem, obrigatoriamente, estar no roteiro de qualquer mochileiro.


9. Pipa (Tibau do Sul - Rio Grande do Norte)


Reprodução
Reprodução


Pipa, ainda no Rio Grande do Norte e a 80 km de Natal, é o nosso penúltimo destino do roteiro. A região já é famosa entre os turistas que amam o litoral nordestino. Suas paisagens paradisíacas e as inúmeras atrações turísticas são as responsáveis pela fama do local. A dica para esse destino é organizar um roteiro antes e definir quais serão os pontos de visitação para que nenhuma preciosidade seja deixada para trás.


10. João Pessoa (Paraíba)


Reprodução
Reprodução


Nossa última parada, a 146 km de Pipa, é João Pessoa, na Paraíba. A capital reúne, em apenas um lugar, as atrações mais procuradas pelos turistas: paisagens exuberantes, centro histórico, diversos programas culturais e facilidade de transporte. A cidade é muito frequentada por mochileiros e deixa saudade no coração de todos que a visitam.


O que levar na mala


A vantagem de se fazer um mochilão no Nordeste é que, graças ao clima quente, não é preciso carregar muito peso. A bagagem é repleta de roupas e sapatos leves, tornando o passeio bem mais confortável. Veja abaixo o básico para levar na sua viagem.

- Uma calça jeans
- Uma calça de tecido leve
- Três vestidos
- Quatro shorts
- Uma canga
- Uma toalha
- Um chinelo
- Dois pares de meia
- Um casaquinho leve
- Itens de higiene
- Roupas intimas


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade