Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Prepare a sua

Férias: saiba o que levar na caixa de primeiros socorros

Redação Bonde
14 jun 2012 às 13:14
- Reprodução
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Calça, blusa, biquíni, sapatos, colares, meias: a lista indica que, desta vez, você não esqueceu nada e vai conseguir curtir a viagem de férias sem muitas complicações. Mas existe um item que precisa estar incluso em sua mala e que, quase sempre, é deixado para trás: a caixinha de primeiros socorros, que pode garantir muito mais do que férias tranquilas e alegres; é ela uma das responsáveis por deixar sua saúde em ordem.

Comece pelos remédios diários

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Antes de partir para os curativos e pomadas, lembre-se dos remédios que fazem parte do seu dia a dia. Eles devem ser os primeiros a ganharem um espaço na sua caixinha. Nesse grupo entram os anticoncepcionais, remédios para hipertensão, diabetes e outros comprimidos já receitados pelo especialista. E não se esqueça de conferir quantos comprimidos você vai precisar durante a viagem evitando imprevistos caso eles acabem antes da hora.

Leia mais:

Imagem de destaque
Projetos cheios de charme

Arquiteto prepara guia para pergolados e gazebos dos sonhos

Imagem de destaque
Confira!

Sete aplicativos gratuitos que todo viajante precisa ter

Imagem de destaque
Atenção, viajante!

Vai viajar? Saiba as regras de cada companhia aérea para as bagagens

Imagem de destaque
De volta à rotina

Especialista dá dicas para ter uma viagem com muitas recordações e poucas dívidas


Analgésicos

Publicidade


Já pensou em passar parte da sua viagem com um daquelas dores chatas que tiram qualquer um do sério? É por isso que os analgésicos precisam estar presentes na sua caixinha de primeiros socorros. Mas é preciso cuidado na hora de escolher qual colocar na maleta. A opção certa é aquela recomendada pelo seu médico e qualquer ideia de automedicação deve ser excluída do seu kit de emergências. O seu remédio habitual contra enjoo também deve constar na listinha afinal o exagero nos "comes e bebes" pode ter consequências desagradáveis e é melhor estar preparado para elas.


Os curativos

Publicidade


Tombos, arranhões e pequenos cortes são comuns durante as viagens. Um curativo feito logo após o machucado evita complicações, como a formação de inchaços e de pus. Para isso, leve com você gaze, esparadrapo, água oxigenada, anti-séptico e band-aid.


Cuidados com a pele

Publicidade


Se você está no grupo que não consegue passar uma viagem sem aquelas marcas horríveis de picada de inseto, aposte nos repelentes e nas pomadas que acabam com a coceira (desde que elas tenha sido indicadas pelo seu médico em outra situação parecida). Os protetores solares também não podem faltar na sua bagagem, além de um bom hidratante para acalmar a pele após um dia de curtição no sol.


Crianças

Publicidade


Quem sai com os pequenos precisa estar prevenido. A primeira medida é levar com você os medicamentos que o pediatra costuma recomendar. Mas, notando qualquer reação estranha, não deixe de buscar ajuda médica, como recomenda o pediatra e diretor da FACIS, Carlos Brunini. "Não é recomendável a automedicação em crianças, pois a família não sabe interpretar os sintomas e pode até dar algum remédio indevido. Um antitérmico pode aliviar uma febre, por exemplo. Mas o remédio não resolve uma infecção, só mascara". Acidentes simples, no entanto, pedem solução rápida. Contra eles, aposte nas dicas do pediatra do Hospital Copa D Or, Grant Carvalho:


● Gazes hidrófilas esterilizadas

Publicidade


● Vendas e compressas de diferentes tamanhos


● Esparadrapo antialérgico

Publicidade


● Solução antisséptica (água oxigenada)


● Álcool ou outro desinfetante


● Luvas de látex ou vinil (vários pares)


● Creme para queimaduras ou gazes esterilizadas


● Creme para picadas de insetos


● Pinças de sobrancelha (para retirar fiapos de madeira, por exemplo)


● Tesoura


● Lanterna (com pilhas ou bateria extra)


● Caixa metálica ou plástica

Grant Carvalho também ressalta que para crianças maiores outros cuidados podem ser adicionados a lista. "Os bebês, geralmente, precisam de remédio para cólica e as crianças necessitam de remédio para enjôo no carro", diz o médico. (Fonte: Minha Vida, Saúde Alimentação e Bem-estar)


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade