Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Benefício do trabalhador

Chegada do 13º salário deve aumentar em 15% comércio de motos na Grande Londrina

Redação Bonde com assessoria
22 nov 2023 às 15:02
- Divulgação/Assessoria de Imprensa
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Com a proximidade do fim do ano, muitos consumidores já começam a fazer planos para o destino do tão esperado 13º salário. E, neste cenário, a aquisição de motocicletas desponta como uma opção atrativa para quem busca renovar a garagem ou ter um meio de transporte mais ágil e econômico.

O mercado da região de Londrina estima uma alta de até 15% nas vendas de motos zero km para o último trimestre, comparado ao mesmo período de 2022. Especialmente em novembro e dezembro, quando entra o dinheiro extra dos trabalhadores.


“Historicamente, nesta época do ano observamos um aumento na demanda, impulsionado pelo pagamento do 13º salário e pela chegada dos modelos 2024. Já em outubro, pudemos perceber um interesse maior dos clientes”, destaca Rudney Doscher, diretor de Operações da Honda Blokton, rede de concessionárias que possui 23 lojas em todo o estado, sendo duas só em Londrina.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Imagem
O que fazer se a empresa não pagar a primeira parcela do 13º salário?
As empresas não podem reclamar das finanças nem usar a crise como desculpa, todos os empregados celetistas devem receber, no máxi


Com a tendência de crescimento no último trimestre e baseada na previsão da Blokton, líder de vendas na região com 54% de market share da região, espera-se que cerca de 2,3 mil novas unidades ganhem as ruas da Grande Londrina antes da virada do ano.

Com isso, o polo formado por Londrina e outros 12 municípios no entorno deverá encerrar 2023 com aproximadamente 8,3 mil motocicletas novas vendidas durante o ano, o que corresponde de 10% a 12% do total comercializado no Paraná.

Leia mais:

Imagem de destaque
Multa de R$ 4 mil

Motociclista de aplicativo é condenado por litigância de má-fé em processo contra posto de gasolina

Imagem de destaque
Projeção

Montadoras revisam prazos para eletrificar carros e evitam falar do fim dos motores a combustão

Imagem de destaque
CONFIRA O CALENDÁRIO

Prazo da 2ª parcela do IPVA para veículos com final de placa 1 e 2 termina na segunda (19)

Imagem de destaque
Será?

Prost fala sobre Senna e diz que era subestimado: 'Em corridas, eu era mais rápido'

Até setembro, segundo dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PR), a média mensal na região era de 680 exemplares zero km emplacados.

Publicidade


Imagem
Governo do Paraná vai adiantar 13º salário de servidores pelo 5º ano seguido
O governador Ratinho Junior (PSD) anunciou nesta terça-feira (14) a antecipação do pagamento do 13º salário dos servi

Destaques de vendas na região


Por ser a cidade mais populosa da região, com 590 mil habitantes, a conhecida como pequena Londres também é a que mais emplaca motos. De janeiro a setembro de 2023, foram 4,5 mil unidades novas circulando pelas ruas.

Já Cambé, que tem uma população de 106 mil pessoas, emplacou 840 motocicletas, seguida de Ibiporã, com 388 unidades para uma população de 54,5 mil pessoas. Outras cidades que se destacaram foram Sertanópolis (135) e Jataizinho (100), no acumulado de janeiro a setembro.

Publicidade


Boa parte dessas motocicletas vendidas na Grande Londrina tem por finalidade o deslocamento do condutor entre a casa e o trabalho, além de servir como ferramenta para a geração de renda no setor de moto-entrega. É o que garante Antonio Grigonis, gerente-regional da Blokton Londrina.


Imagem
O que fazer se a empresa não pagar a primeira parcela do 13º salário?
As empresas não podem reclamar das finanças nem usar a crise como desculpa, todos os empregados celetistas devem receber, no máxi

De casa para o trabalho


Segundo Grigonis, a partir dos dados da concessionária é possível traçar um perfil verdadeiro de quem compra motos na região, uma vez que o grupo paranaense possui 54% do market share local. “Esse grupo de consumidores representa cerca de 80% das pessoas que visitam o nosso showroom ou compram pelos nossos canais digitais”, afirma.

Esse movimento fica mais evidenciado pelos modelos com maior volume na procura: as opções de baixa cilindrada, como BIZ 125, a linha CG 160 e a NXR 160 Bros.

Um levantamento realizado pela rede mostra que 55% das motos da região foram adquiridas por meio do consórcio, o pagamento à vista teve representatividade de 24% e o financiamento uma fatia de 21% nas vendas.

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade