Pesquisar

Canais

Serviços

- Pixabay
Cuidados

Fabricante orienta como prolongar vida da bateria automotiva

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
02 set 2021 às 17:00
Continua depois da publicidade

O inverno é  conhecido como um período em que as baterias “sofrem” mais. Isso porque, em temperaturas mais baixas, todo o sistema que envolve o acionamento do motor é mais exigido, como por exemplo a necessidade de ajuste da temperatura do combustível no momento da partida. Caso isso não ocorra, sem a ajuda de um tanquinho de partida a frio ou de um bico injetor com pré-aquecimento, quem esforça-se para fazer o motor girar é a bateria.

Continua depois da publicidade


De acordo com a Moura, fabricante de baterias e parceiro da DPaschoal, há 5 erros comuns que podem prejudicar a durabilidade da bateria. Veja abaixo:

Continua depois da publicidade


Instalação de acessórios eletrônicos além do projetado para o veículo:


Continua depois da publicidade

Todo acréscimo de acessórios eletrônicos, que não são originais do veículo, pode afetar o sistema elétrico, inclusive a vida útil da bateria. Com isso, é importante que uma pessoa especializada seja consultada antes da instalação.


Instalar bateria com tecnologias diferentes da peça original:


O veículo é projetado para determinada tecnologia de bateria. Caso a bateria de reposição seja aplicada com tecnologia diferente, a vida últim pode reduzir e o sistema elétrico do veículo pode funcionar mal.

É possível verificar qual é o modelo certo para o carro no site da fabricante,  pela plataforma do Mourafacil, que contém as especificações de aplicações.


Um ponto importante é que os veículos com sistema start-stop utilizam baterias com tecnologia distinta dos veículos convencionais, pois precisam efetuar mais partidas ao decorrer do trajeto feito no dia. Logo, não é possível instalar uma bateria comum em modelos com o desligamento do motor automático no trânsito.


Ligar o veículo com os acessórios eletrônicos em funcionamento:


Antes de girar a chave na ignição ou acionar a partida do veículo, deve-se verificar se os acessórios como faróis, ar condicionado e sistema de som estão desligados. O ideal é acionar os acessórios após o veículo estar em funcionamento.


Esquecer os faróis, sistema de som e luzes internas ligados por longos períodos após o veículo ser desligado:


Alguns fabricantes de veículos até disponibilizam um aviso sonoro após a abertura das portas para alertar o condutor quando os faróis estão acesos, porém é necessário se atentar aos demais itens mencionados. Se os acessórios eletrônicos ficarem ligados por um longo período, é possível que a carga total da bateria diminua.


Não fazer as manutenções preventiva no sistema elétrico do veículo:


Outro erro que muitos motoristas cometem é não fazer a manutenção preventiva do automóvel. A manutenção preventiva é a forma mais econômica de manter o seu veículo em bom estado. Um carro com falhas no sistema eletrônico pode ter uma pane elétrica e ocasionar problemas no motor de arranque.

Continue lendo