Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

O ser humano e a potência para a melhora

14 jan 2013 às 09:53
Continua depois da publicidade

Quis fugir mas, ao mesmo tempo, disse a mim mesma: Não! É preciso chegar até o fim para saber as forças que tem minha alma.
Amalia Domingo Soler

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Deus não desiste de nós, nunca. Se um dia a vida parece estar te mostrando somente problemas, dores e sofrimentos, ainda assim, temos a Ele e precisamos lembrar disso constantemente: Deus não desiste de nós. A afirmativa passa ser ainda mais intensa se observarmos nosso histórico de existência e notarmos que muito mais do que não desistir de nós, Deus está em nós, ou seja, somos parte Dele e consequentemente temos poderes inimagináveis.

Continua depois da publicidade


Os espíritos superiores já nos ensinam que a vida na Terra é marcada por provas e expiações, portanto, não devemos nos iludir: não estamos aqui para sermos completamente felizes, mas sim para exercitar a nossa evolução. Nossos espíritos chegam ainda simples e ignorantes, evoluem, amadurecem e passam a se conectar com o Divino na medida em que se dispõe a se auto-melhorar. A força de vontade é uma ferramenta incrível e única que faz com que cada ser humano manifeste mais do que a sua própria individualidade, mas principalmente, exerça a construção de suas mudanças e seu crescimento moral e intelectual.


Quando na vida passamos por fases difíceis, sejam elas relacionadas aos mais diversos fatores: materiais, sentimentais, comportamentais, etc, basta em nós ressuscitar a força intrínseca que carregamos. Claro que é algo difícil até mesmo porque quando há momentos de tristezas, dores e melancolia, o ser humano acaba permitindo que seu perispírito entre em contato com faixas vibratórias mais baixas, fazendo com que entremos em contato com baixas sintonias, o que nos estimula a sentir ainda mais tristeza e uma dificuldade enorme de se reerguer.


É nessa hora que a prece é uma aliada fiel. Ainda sem estar com a harmonia necessaria no coração para que possamos abandonar essa zona de desconforto, é preciso rezar. É nesse momento que devemos nos entregar totalmente a Deus e simplesmente deixar que Ele tome posse de nossas vidas e nos recolha daquele momento de escuridão. Quando abrimos as portas para que Deus aja em nossos momentos de sofrimento, perimitindo que outros amigos espirituais nos envolva com sua proteção e harmonia, conseguimos sair da faixa vibracional da negatividade e então percebemos a força que sempre esteve em nós.

Continua depois da publicidade


Então, quando notamos essa potência existencial e natural que carregamos conosco, aí sim a transformação verdadeira acontece. Sentir a força de nossa alma é experimentar a faísca de Deus no nosso ser. É como se simplesmente abrissemos uma porta e deixássemos Deus sair e não entrar. Porque Ele sempre esteve em nós.

Deus e sua misericordia estão sempre presentes em nosso caminho. Somos os únicos responsáveis pelos momentos de queda e pela ausência de forças. Permitimos que as dificuldades e tribulações da vida nos envolva sem vigilância. Aquele velho dito de Jesus Cristo é verdadeiro demais e precisa ser encarado seriamente: "Orai e vigiai". Porque orando, vigiando nossos próprios passos e permitindo que a presença Divina se instale verdadeiramente dentro de nós, seremos humanos muito mais felizes, ainda que num planeta de provas e expiações, porque a força da alma se renovará e nos permitirá encarar toda e qualquer dor, simplesmente pelo prazer de poder enfrentá-las, vencê-las e podermos deixá-las para trás compondo mais um capítulo de nossa existência.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade