Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade

08 de Outubro: Dia do Nordestino - Poemas de Divani Medeiros

08 out 2023 às 13:00
- Luar do Sertão - óeo sobre tela de Adriano Santori
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade


Mandacaru: flores que ornamentam, frutos que alimentam 


Mandacaru, 

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade

Planta  do sertão nordestino,

Leia mais:

Imagem de destaque

Lançamento do livro Curitiba em Dois Tempos

Imagem de destaque

Amizade e amigo - Crônica de Flávio Madalosso Vieira

Imagem de destaque

Sara Rus - Homenagem Poética de Daniel Mauricio

Imagem de destaque

Exposição de Poesia da Avipaf - Comentários

Conhecida como cardeiro. 

Publicidade

Floresce apenas uma vez por ano, 

Alimenta aves, abelhas e o ser humano. 

Publicidade

As flores desabrocham quando anoitece, 

Murcham quando o dia amanhece. 

Publicidade

Símbolo de resistência dos sertões nordestinos, 

As folhas são substituídas por espinhos.

Publicidade

Planta que ornamenta e alimenta, 

Traz na  essência a força que sustenta. 

Publicidade

Necessita do sol para se fortalecer 

Resiste à seca para florescer.

Publicidade

Símbolo de resistência do sertanejo, 

que  segue na vida com  espinhos,

e se fortalece em todos os seus caminhos.


Divani Medeiros


**


Sertão Nordestino 


Anoitece no Sertão 

Silêncio, calmaria, escuridão

O sertanejo acende o lampião 

A  lua se esconde,  as estrelas brilham 

Que tenha  chuva ,  sol ou ventania 

O sertanejo preserva sua alegria 

Terra seca, quente e  acalourada

Povo acolhedor, raízes perpetuadas 

Legado plantado,  semeado, eternizado. 


Divani Medeiros

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade