Pesquisar

Canais

Serviços

Esse belo quadro de Elizabeth Pedro faz parte da exposição de Arte e Poesia "Encantos de España" - no Instituto Cervantes de Curitiba.
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Poema "Espanhola a dançar" de Marina Carraro e tela de Elizabeth Pedro

13 abr 2014 às 10:50
Continua depois da publicidade

ESPANHOLA A DANÇAR

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Dança, dançarina, dança.
Dança que a tua sina é dançar.
Não aquietes o chão que grita e treme com o teu sapatear.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Ouve a bela guitarra espanhola,
feito viola que chora para te acompanhar.
Empresta a tua escultura de carne e osso
E realiza este teu sonho de dançar.


Gira, dançarina.
Gira com os braços a levantar.
Gira feito menina amante, com teu vestido bufante a te contornar.
Pulsa a castanhola e enfeita o som que vem de fora, enfeita o próprio ar.


Não pares, dançarina, dança,
Que esta é a tua sina e sempre será.

Continua depois da publicidade


Marina Carraro - é poeta e contista.


Carmen Luiza Ziege declamando o poema 'Espanhola a dançar'. A foto foi tirada por Arriete Rangel de Abreu do projeto SemeArte.
Carmen Luiza Ziege declamando o poema "Espanhola a dançar". A foto foi tirada por Arriete Rangel de Abreu do projeto SemeArte.


Esse poema de Marina Carraro foi declamado por Carmen Luiza Ziege.

Celia Dunker ao lado da filha, Carolina Dunker, e do artista Victor Hugo do Prado. Na parede quadro de Elizabeth Pedro, de Victor Hugo e de outros.
Celia Dunker ao lado da filha, Carolina Dunker, e do artista Victor Hugo do Prado. Na parede quadro de Elizabeth Pedro, de Victor Hugo e de outros.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade