Pesquisar

Canais

Serviços

Palestra gratuita do Pré evento Hackathon: Smart Agro - Inovação e Cadeia Produtiva do Agronegócio.

30 mar 2016 às 09:08
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Palestra gratuita do Pré evento Hackathon Smart Agro - Inovação e Cadeia Produtiva do Agronegócio.

Continua depois da publicidade

Acontece amanha dia 31 de Março o pré evento Hackathon Smart Agro com uma palestra sobre Cadeia Produtiva do Agro negocio ministrado pelo especialista Senior no setor de agro negocio Eduardo Figueiredo.


Conversamos com Eduardo sobre agronegócio, segue abaixo a explanação de Eduardo sobre o tema:


"A cadeia produtiva agrícola dinamiza agronegócio.

Não são apenas os produtos tradicionais da indústria que passam por várias etapas até chegar ao consumidor final. O agronegócio também opera em sistema de cadeias produtivas complexas, que envolvem processos que estão em constante modernização e otimização.


No caso brasileiro, a soja, o milho, a laranja e o trigo são exemplos de produtos que passaram por mudanças visando a competitividade e a expansão no mercado nacional e internacional.

Continua depois da publicidade


Entre os indutores dessa modernização estão a empregabilidade de inovação com tecnologia baseada em pesquisas realizadas por empresas de TI, Consultorias de negócios, universidades e instituições públicas, iniciativas do setor privado e ações articuladas com o governo.


O que chama a atenção nesse processo é o crescimento de uma tendência relativamente recente no Brasil, que é o desenvolvimento e de uso em propriedades rurais de ferramentas de sistemas e aplicativos de tecnologia desenvolvida pelo setor privado. Um exemplo é o Programa de Estudos dos Negócios do Sistema Agroindustrial (Pensa-FIA/USP), que integra os Departamentos de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (USP).


A SBR surgiu em 2008, como um projeto acadêmico cujo objetivo era estudar a dinâmica do setor agroindustrial, oferecendo soluções e ferramentas que possam dar base e subsídios de respostas ao processo da cadeia de valor do agronegócios abrangendo desde o planejamento de cinturão agrícola ate a comercialização de mercado interno e externo.


O objetivo trata-se de demonstrar o funcionamento do mercado e mobilizar a participação de empresários e de representantes do setor privado desde o início do projeto.


Temos como objetivo promover via palestra e durante o evento tal iniciativa que visa integrar este tipo de Programa, essa tendência tem orientado vários trabalhos de núcleos e grupos de pesquisas em todo o Brasil: "Existem grupos no Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e em outros locais que buscam analisar os agronegócios de maneira semelhante."


Também mencionamos que um dos modelos que mais influenciou a criação de programas de aceleracao para o agronegocios foi o da Universidade de Harvard, que já realizava estudos de caso de empresas do agronegócio por meio da interação academia-setor privado.


Esses estudos têm gerado resultados bastante significativos para alguns ramos da agroindústria nacional.


No caso específico da cadeia de commodities agrícolas como : cadeia de cítricos, onde tal tipo programa de tecnologia desenvolve estudos em parceria com o Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus), fundação que congrega produtores e indústrias de suco, possibilitando um amplo mapeamento da cadeia produtiva, concluído em meados dos anos 2000. A partir dessas informações, o Programa propôs a formação de uma organização privada, juntamente com a Fundecitrus, que congrega todos os demais setores da cadeia produtiva, visando o desenvolvimento do agronegócio citrícola.


A associação, denominada "Laranja Brasil", foi criada em 2001 e reúne produtores de laranja, indústrias de suco, fabricantes de máquinas e equipamentos, fornecedores de insumos, transportadores, fornecedores de embalagens e consultores em citros.


Os dirigentes desta associação, em entrevista concedida à revista da Coopercitrus, uma das maiores cooperativas do setor, pontuaram três objetivos prioritários da entidade. O primeiro é promover o aumento do consumo da laranja e do suco de laranja no mercado interno. O segundo é defender os interesses comuns e convergentes da cadeia produtiva, promovendo um aumento de competitividade do setor. O terceiro, é pesquisar dados e informações necessárias ao conhecimento da realidade do consumo de frutas cítricas e seus derivados naturais, para orientar as ações no mercado interno, que levem a um aumento do consumo.
E o quarto se baseia na utilização de mecanismos de tecnologia que possam contribuir e dar informações em tempo real e atualizadas em cada uma das etapas do processo da cadeia produtiva para fins de prover a melhor tomada de decisão diante da dinâmica de cenários de negócios de mercado."


Palestra: Smart Agro - Inovação e Cadeia Produtiva do Agronegócio.
Palestrante: Eduardo Figueiredo
Data: 31 de Março
Horário: 19:00hs
Local: Recinto Milton Alcover - Parque Ney Braga
Entrada gratuita.
Mais informações: https://www.sympla.com.br/hackathon---smart-agro__57556


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade