Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade

Católicos protestam contra sujeira dos pombos no bosque central de Londrina

Vitor Ogawa - Grupo Folha
18 set 2022 às 14:56
- Vitor Ogawa - Grupo Folha
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Integrantes da Catedral de Londrina, fiéis católicos e a Associação de Moradores do Centro Histórico de Londrina realizaram na manhã de domingo (18), logo após a missa das 8 horas, uma limpeza simbólica do Bosque Marechal Cândido Rondon, na região central. Foi a forma que encontraram para protestar contra a sujeira provocada pelas fezes dos pombos.


O espaço de lazer, revitalizado em janeiro, já foi palco de inúmeras tentativas para coibir a presença de pombos. Entre as melhorias realizadas no local estão a poda e retirada de árvores exóticas e condenadas, revitalização dos caminhos históricos e implantação de luminárias de led. Mesmo assim, nada parece solucionar o problema.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade

 

Leia mais:

Imagem de destaque
Público-alvo de 10 e 11 anos

Mutirão vacina 290 crianças contra a dengue em Rolândia

Imagem de destaque
65 mil pontos de luz

Londrina e Instituto de Tecnologia firmam parceria para gestão da iluminação pública

Imagem de destaque
Vastidão territorial

Transporte ferroviário tem espaço para crescer, avaliam especialistas

Imagem de destaque
Polêmica

Declaração de Lula sobre ação militar de Israel dá força a manifestações da extrema direita

O padre José Rafael Solano Duran, cura da Catedral Metropolitana do Sagrado Coração, afirmou que a proposta era fazer a “primeira vassourada”, mas que o grupo foi informado que a prefeitura inicia um processo de limpeza nesta segunda-feira (19).

Publicidade


“Os biólogos dizem que o Bosque não pode ser mais lavado, já que a água vai para as galerias pluviais e acaba nos rios, que recebem todo esse fósforo oriundo das fezes. Por essa razão será varrido com sopradoras. E a iluminação deve ficar acessível durante a noite. Imagine este lugar no verão todo iluminado. Seria lindíssimo. Esperamos que o Bosque se torne um espaço familiar, amigável e social”.


Na celebração que fez em meio às árvores o padre pediu que Deus conceda a consciência ecológica a todos. “Como o papa Francisco nos pede na Laudato si”, disse. Laudato Si é uma encíclica na qual o pontífice critica o consumismo e o desenvolvimento irresponsável e faz um apelo à mudança e à unificação global para combater a degradação ambiental e as alterações climáticas.

Publicidade


A publicitária Mônica Zenha foi ao Bosque com uma vassoura. "É uma coisa muito importante para a cidade e é obrigação nossa ajudar de alguma forma. A gente passa e acha a situação degradada. O desejo é mudar essa situação. Se Deus quiser, com a ajuda do Padre, vamos conseguir fazer um trabalho de renovação."

 |  

Publicidade

A coordenação entre a Igreja e a associação de moradores deve gerar mais cobranças. A presidente da Associação de Moradores do Centro Histórico de Londrina, Yara Franco Coutinho Hernandez, explicou que todo ato que envolve a comunidade traz algum resultado, seja ele realizado pela comunidade civil ou pela sociedade organizada.


“Precisamos que cada um se envolva conosco, porque nosso objetivo é comum, de transformar este local em algo maravilhoso para usufruir do espaço. Essa questão das pombas é muito séria."



Confira na FOLHA DE LONDRINA entrevista com o gerente da Secretaria Municipal do Ambiente sobre as medidas feitas no local para controle da superpopulação de pombos

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade