Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Doe!

Doações de leite atenderam 11 mil bebês no Paraná em 2023; rede cobre todo o Estado

Redação Bonde com AEN
17 mai 2024 às 16:19
- Fabrikasimf/Freepik
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O Dia Mundial de Doação de Leite Humano é celebrado neste domingo (19 de maio), com o objetivo de simbolizar a importância deste ato que protege e pode salvar as vidas de bebês prematuros internados nas UTIN (Unidades de Tratamento Intensivo) do Estado. 


Só em 2023, mais de 11 mil bebês receberam a doação de 21.325 litros de leite no Paraná, o que ainda não é suficiente para atender a demanada de todas as UTINs. Pensando nisso, a Sesa (Secretaria de Estado de Saúde) faz um chamado à população sobre a doação de leite humano, com o objetivo de sensibilizar profissionais da área e lactantes e aumentar esse quantitativo. 

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Para atender às necessidades da assistência neonatal, são disponibilizados os bancos de leite humano, que oferecem serviços especializados, fazem a coleta e o processamento do leite doado com rigoroso controle de qualidade. Depois, distribuem para bebês prematuros e de baixo peso, além de oferecer atendimento de orientação, manejo e apoio à amamentação.

Leia mais:

Imagem de destaque
Práticas antissindicais

Seis centrais sindicais denunciam Ratinho Junior à Organização Internacional do Trabalho

Imagem de destaque
Nova manifestação

Procuradoria mantém parecer contrário ao PL que aumenta salário da GM

Imagem de destaque
Neste sábado no calçadão

Londrina terá protestos contra morte de menino pela PM e contra PL da criminalização do aborto

Imagem de destaque
Ainda dá tempo!

The Loreans é a atração da feira gastronômica da Concha Acústica desta sexta


“A doação do leite materno é um gesto de solidariedade que traz esperança. Esse alimento, rico em nutrientes e anticorpos essenciais para a saúde do recém-nascido, precisa chegar a todos que precisam, e por isso o Governo do Estado dá todo o suporte necessário para que essa alimentação crucial para prematuros esteja disponível”, destacou o secretário Beto Preto.

Publicidade


Estima-se que, a cada ano, 5,3 mil bebês paranaenses prematuros ou de baixo peso nasçam no Estado, o que corresponde a 11,2% do total de nascidos vivos. O número corresponde à média dos últimos três anos.


Laura Maciel faz parte deste perfil. Ela nasceu prematura, em novembro do ano passado, com apenas 31 semanas e 1.905 kg, no município de Umuarama, no Noroeste do Estado. A mãe, Pamela Bergamasco, recorreu à Norospar (Associação Beneficente de Saúde do Noroeste do Paraná), que oferece um banco de leite humano para apoio aos bebês e às mamães lactantes.

Publicidade


“A Laura ficou 20 dias entre UTI e UCI, intercalando o leite materno e a chuquinha com fórmula. Meu sonho sempre foi amamentar e, todos os dias, eu fazia a coleta no banco de leite antes da visita. Eu tinha esse medo dela não pegar o peito quando tivesse alta hospitalar. Quando ela saiu, nós fomos ao banco de leite e tivemos muito auxílio. Foi maravilhoso”, disse.


Imagem
UEL: cinco especializações estão com inscrições abertas para segundo período de 2024
A partir desta sexta-feira (17), a UEL (Universidade Estadual de Londrina) está com inscrições abertas, apara cinco cursos de especialização com início no segundo período letivo de 2024. são cinco cursos de três centros de estudo.


Publicidade

Doações

O Paraná possui 15 bancos de leite humano e 15 postos de coleta. Toda mãe que amamenta é uma possível doadora. Para doar, basta ser saudável e não estar usando nenhum medicamento que interfira na amamentação.

Publicidade


Qualquer quantidade disponibilizada pode ajudar. Cerca de 1 ml de leite já é suficiente para nutrir um recém-nascido a cada refeição, dependendo do peso do bebê. Cada recipiente de 300 ml pode ajudar até 10 recém-nascidos por dia.


Para doar é só entrar em contato com o banco de leite humano ou posto de coleta mais próximo de sua residência.

Publicidade


Benefícios

De acordo com o Ministério da Saúde, a amamentação é a forma de proteção mais econômica e eficaz para redução da morbimortalidade infantil, com grande impacto na saúde da criança, diminuindo a ocorrência de diarreias, afecções perinatais e infecções, principais causas de morte de recém-nascidos. Ao mesmo tempo, traz inúmeros benefícios para a saúde da mulher, como a redução das chances de desenvolver câncer de mama e de ovário.

Publicidade


Estima-se que o aleitamento materno seja capaz de diminuir em até 13% a morte de crianças menores de 5 anos em todo o mundo por causas preveníveis. Nenhuma outra estratégia isolada alcança o impacto que a amamentação tem na redução das mortes de crianças nessa faixa etária.


Bancos de leite:

- Apucarana – Hospital da Providência

- Campo Mourão – Hospital Santa Casa de Campo Mourão

- Cascavel – Hospital Universitário do Oeste do Paraná

- Curitiba – Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, Hospital Universitário Evangélico Mackenzie, Hospital do Trabalhador

- Foz do Iguaçu – Hospital Ministro Costa Cavalcanti

- Guarapuava – Banco de Leite Humano São Vicente de Paulo

- Londrina - Banco de Leite Humano Maria Lucilia Monti Magalhães

- Maringá – Hospital Universitário Regional de Maringá

- Pato Branco – Banco de Leite Humano São Lucas

- Ponta Grossa – Hospital da Criança Prefeito João Vargas de Oliveira

- São José dos Pinhais – Hospital e Maternidade São José dos Pinhais

- Umuarama – Banco de Leite Humano Norospar

- Toledo – Banco de Leite Humano Dr. Jorge Nisiide


Postos de coleta:

- Apucarana – HPMI

- Arapongas – CISAM

- Cambé – Unidade de Lactação de Cambé

- Cascavel – Hospital São Lucas FAG e Hospital Policlínica

- Cornélio Procópio – Casa da Misericórdia de Cornélio Procópio

- Curitiba – Hospital Pequeno Príncipe

- Foz do Iguaçu – Santa Terezinha de Itaipu

- Londrina – Maternidade Municipal Lucilla Ballalai, Hospital do Coração de Londrina/Bela Suíça e Hospital Evangélico

- Maringá – Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Maringá

- Paranavaí – Paranavaí Acolhe Seu Filho com Amor

- Pato Branco – Hospital PoliclínicaRolândia - Unicoamor


Imagem
Ex-alunos financiam revitalização de bloco de Direito da UEM
Uma associação formada por egressos do curso de Direito da UEM (Universidade Estadual de Maringá) entregou na manhã da última terça-feira (14) a reforma do Bloco D34.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade