Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Proteja seus dados

Campanhas maliciosas com o PIX aumentam após estreia do sistema

Redação Bonde com assessoria
20 nov 2020 às 15:06
- Marcello Casal Jr./Agência Brasil
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade


Mais de cem novos domínios maliciosos e duas grandes campanhas de disseminação de phishing (golpes para "pescar" dados de internautas) foram detectados pela Kaspersky, uma da principais empresas de cibersegurança do mundo, logo na primeira semana de funcionamento do PIX.

A ferramenta de transferências do Banco Central estreou na segunda-feira (16) e permanece em destaque no noticiário desde que seu cadastro teve início. Porém, a empresa de segurança ainda não identificou ações específicas visando o novo sistema. O foco dos ataques é o furto das credenciais da conta bancária dos internautas.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Segundo Fabio Assolini, analista de segurança sênior da Kaspersky no Brasil, os criminosos criam essas páginas falsas usando temas que estão na moda e a grande quantidade de endereços destaca quanto o tema é popular e o quão rápido os cibercriminosos se adaptam.

Leia mais:

Imagem de destaque
Cerca de cinco gerações

Mundo levará mais 134 anos para atingir paridade entre mulheres e homens, diz Fórum Econômico Mundial

Imagem de destaque
Melhor resultado do sul

No Paraná, vendas do comércio varejista avançam 4% no primeiro quadrimestre

Imagem de destaque
Correção

Veja para quanto pode ir o rendimento do FGTS após o julgamento no STF

Imagem de destaque
R$ 4,82 bilhões

Mais de 75% do valor lançado do IPVA foi pago pelos contribuintes no Paraná


Essas páginas simulam os internet banking de grandes instituições financeiras para roubar as informações de acesso dos internautas, como número de conta, CPF e senha. A maior parte desses sites fraudulentos usam o PIX misturado ao nome das instituições financeiras. Desde o anúncio do cadastro das chaves em outubro, 320 domínios maliciosos usando o termo "pix" foram identificados e bloqueados pela Kaspersky.

Publicidade


"Se comparamos a primeira semana do cadastro e a semana de estreia, podemos dizer que as atividades maliciosas estão mais intensas. Ao fim de três dias após o início do pré-cadastro, em outubro, tínhamos 70 domínios maliciosos encontrados. Já após as primeiras 72 horas do funcionamento do PIX, nesta semana, eram mais de 100. Além disso, detectamos campanhas de phishing financeiro voltadas para empresas, que movimentam valores muito maiores que a maioria das pessoas. Imagine o prejuízo para um pequeno ou médio empreendedor que tenham sua credencial bancária roubada por criminosos", alerta Assolini.


O especialista explica que essas campanhas são chamos aos golpistas, que irão cometer crimes: fraudes financeiras, compras online fraudulentas, entre outros delitos. adas de phishing (pescaria, em inglês), pois utilizam temas populares como "isca" para induzir usuários a informar seus dad

Publicidade


Segundo levantamento da Kaspersky, o Brasil é o quinto país mais atacado por phishing no mundo.


Assolini recomenda que os cidadãos e empresas interessadas no PIX façam o cadastro diretamente no site da instituição financeira e reforça a importância de ter uma solução de segurança que proteção proativa de phishing.


Já para as organizações, Assolini recomenda a contratação de serviços de Threat Intelligence (inteligência de ameaças), como um feed de URLs de phishing financeiro. "A primeira ação depois da identificação dos sites fraudulentos é o bloqueio, mas logo em seguida atualizamos o sistema de inteligência para que as empresas assinantes recebam a informação e posam solicitar a remoção do site nos serviços de hospedagem", explica o especialista.

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade