Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
54 mil marcas abertas

Com crescimento de 11,5%, primeiro bimestre de 2024 tem saldo de 23 mil novas empresas no Paraná

Redação Bonde com AEN
08 mar 2024 às 10:00
- Douglas Kuspiosz
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Jucepar (Junta Comercial do Paraná) divulgou nesta quinta-feira (07) o novo relatório de aberturas e baixas de empresas. 


O primeiro bimestre de 2024 registrou saldo de 23.753 empresas (diferença entre 54.011 aberturas e 30.258 fechamentos), um crescimento de 11,56% em relação ao mesmo período do ano anterior, com saldo de 21.292 empresas.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O principal impulsionador foi o crescimento de aberturas. Foram 27.025 em janeiro e 26.986 em fevereiro, contra 25.409 em janeiro de 2023 e 22.959 em fevereiro do ano passado. O aumento foi de 11,67%. Com isso, o Estado atingiu o número de 1.679.462 empresas ativas (1.601.755 matrizes e 77.707 filiais).

Leia mais:

Imagem de destaque
Estiagem

Chegada de período propício para incêndios traz preocupação para o campo

Imagem de destaque
Novo cenário

Mulheres são maioria em evento sobre liderança no agronegócio

Imagem de destaque
Despesas altas

Alimentos ficam mais caros e brasileiros tentam esticar o orçamento

Imagem de destaque
Geração de melhores resultados

Cientistas de Oxford usam IA para identificar alucinações das próprias IAs


Das 54.011 empresas abertas no ano, 40.403 (74,81%) correspondem aos MEIs (microempreendedores individuais). Na sequência aparecem as LTDA (Sociedades Limitadas), com 23,13% (12.492); empresários, com 1,79% (967); e, em menor proporção, Sociedades Anônimas (fechada), cooperativas, Sociedades Anônimas (aberta), consórcios e outros tipos de natureza jurídica.

Publicidade


O relatório destaca ainda os dados referente ao primeiro mês de vigência do Decreto 3.434/2023, o Decreto de Baixo Risco, apontando a abertura de 1.148 empresas dentro desse sistema, o que corresponde a 15,7% do total de empresas abertas em fevereiro (7.321 – exceto MEI).


Além disso, 1.722 protocolos foram beneficiados com o novo sistema, sendo 1.148 para abertura de empresas e filiais 574 para alteração de empresas. Com 594 processos protocolados (34,49%), Curitiba lidera o ranking dos 10 municípios com mais empresas beneficiadas, seguido de Maringá, com 176, Londrina, com 107, Cascavel, com 77, Ponta Grossa, 48, São José dos Pinhais, 47, Foz do Iguaçu, 34, e Pato Branco, 30.


Outro destaque do setor é o recorde no tempo de abertura de empresas, com 9 horas e 32 minutos. Em cinco anos, o Paraná deu um salto nesse indicador. 


De segundo estado mais lento em janeiro de 2019, o Paraná pulou para a segunda colocação como estado mais ágil em fevereiro de 2024, num esforço conjunto entre órgãos do Governo do Paraná e prefeituras para minimizar a burocracia e acelerar processos digitais. A redução foi de 201 horas ou 12,6 mil minutos, o que dá mais de uma semana.


Imagem
Por recomendação do MP, prefeito de Londrina veta salário alto para ouvidor da Câmara
O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati (PP), sancionou o PL (Projeto de Lei) 19/2024, que cria as diretorias Administrativo-Financeira e de Comunica
Imagem
Conheça a história da londrinense que mudou de carreira para realizar sonho
A agente de aeroporto Amabilly da Silva de 27 anos encarou uma mudança completa de carreira para realizar sonhos e foi durante as aulas de graduação que a ex-professora se apaixonou pelo mundo da aviação.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade